Um toque de Midas nos pés:  Calçados e acessórios customizados – a ruptura com o básico


Conheça a história de vida de Liliane Oliver, a artesã brasileira que tem conquistado o mundo

Um toque de Midas nos pés:  Calçados e acessórios customizados – a ruptura com o básicoPublicado por Redação BRZ em 1 nov, 2019 - 17:56 - Foto: Divulgação

Liliane Oliver é artesã desde os treze anos; além de ter trabalhado   como vendedora de roupas por mais de sete, atuando no atacado e varejo, descobrindo assim o amplo universo da moda feminina.

Seus negócios como na maioria dos empreendimentos, dependeu de uma decisão radical de deixar a estabilidade de assalariada, e colocar em prática o dom do artesanato na customização de sandálias, dentro de um pequeno quarto, aproveitando o advento das redes sociais para divulgar seu trabalho. Era o início de 2014.

Imagine uma garota de 21 anos, que deixa a pequena capital Belo Horizonte, se muda para São Paulo com uma bagagem de sonhos, e com sua fé e determinação cria uma empresa que três anos depois alcança os pés de clientes do mundo inteiro. Empreender é se aventurar!

Liliane trabalha com marcas tradicionais, que em alguns países se tornaram marcas culturais. Oferece um toque de luxo na customizaçao das famosas sandálias, em tênis casuais e até mesmo em chaveiros personalizados; esse é seu diferencial.

Criou um processo logístico eficaz, onde através de uma parceria com uma transportadora multinacional, consegue entregar um produto em até quatro dias úteis, em qualquer país do mundo.

Muitas de suas vendas são realizadas através do seu site web: www.lilianeoliver.com.br, onde você pode tirar dúvidas e escolher seus produtos com total segurança, praticidade e comodidade.

Em depoimento para nossa equipe, Liliane Oliver diz: “Tivemos um crescimento de 250% no volume de vendas de 2015 até agora. A expectativa é que aumentemos em 20% em 2020, devido a parcerias feitas recentemente com duas grandes revendedoras nos Estados Unidos. Como é um trabalho peculiar e cem por cento manual, não temos pressa em nos tornarmos uma mega empresa e nem  focar em quantidade, mas em mantermos a excelência no que fazemos e melhorar  a cada dia. Pra nós, a qualidade é a alma do negócio.”

Artigos Relacionados