Thaís Carla diz que prefere não saber seu peso

A dançarina reclama que o maior problema que enfrenta não é o excesso de gordura, mas a gordofobia que sofre

Thaís Carla diz que prefere não saber seu pesoPublicado em 7 fev, 2019 - 12:25 por Redação BR

Thaís Carla é um verdadeiro sucesso desde que surgiu na televisão como bailarina de Anitta e, desde então, tem sido destaque entre as notícias de celebridades. No Google, o assunto mais buscado sobre a dançarina é o seu peso, mas ela evita responder este tipo de pergunta e salienta que isso é algo que não quer saber.

“É algo individual de cada um. Quem quer saber o seu próprio peso sabe! Olha para a minha cara: quer me perguntar mesmo se eu me peso? Uma coisa que não tenho é balança. Quebrei e joguei fora! Amanhã eu morro e vou deixar de comer? Hahahaha. Jamais”, se diverte.

Ela reclama que ficar neurótica com os números só faz com que as pessoas percam a saúde mental em prol de algo que nem tem tanta importância.

“Então eu prefiro não me pesar e quem pergunta é sempre com um ar de curiosidade para dizer ‘como ela consegue fazer isso com esse peso?’ O nosso corpo não nos limita, mas o que nos limita é a gordofobia”, comenta.

Leia Também  Caique Aguiar vence prova especial e garante lugar na final

Thaís diz que sempre se enxergou como uma pessoa muito bonita diante do espelho, apesar de ter recebido críticas como gorda, feia e que tinha de emagrecer. Ela afirma que isso trouxe muitos questionamentos internos que a deixavam para baixo e a fizeram tomar atitudes extremas.

Com 17 anos resolvi emagrecer, tomei sibutramina, tentava vomitar, fazia de tudo para perder peso. Não consegui e percebi que não valia a pena. O lance era ser eu mesma, me aceitar como era e viver minha vida. Tudo foi fluindo e, quando eu tinha 18 ou 19 anos, vi que não valia a pena ficar me deteriorando por causa das pessoas. Vi que eu era bonita, ao contrário do que os outros pensavam, e que o espelho era o meu melhor amigo”, pontua.

Depois que surgiu na mídia, a dançarina conquistou milhares de seguidores no Instagram, hoje soma mais 400 mil, e muitas garotas gordas mandam relatos terríveis para Thaís. Entre os comentários, mulheres revelam que são humilhadas diariamente por seus companheiros.

Leia Também  O ator Paulo Gustavo transforma ‘Minha Mãe é uma Peça’ em série no GloboPlay

Já ouvi casos de mulheres que são chamadas de porcas, que o marido as humilha e que deveriam ficar dentro de casa [para ninguém ver]. Também tem casos de pessoas que não querem ir para a escola porque sofrem bullying, ou são xingadas, outros que tentaram se matar por ser gorda, que entraram em depressão profunda, se mutilam e nunca se olham diante do espelho. São bem pesados os depoimentos dos seguidores”, lembra.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Divulgação

 

Sem categoria