Segmento de bicicletas mantém tendência de crescimento



Segmento de bicicletas mantém tendência de crescimentoPublicado por Parceiro Dino em 30 out, 2019 - 14:38 -

Marília, SP 30/10/2019 – Com a facilitação de meios de parcelamento, criação de novas ciclovias em grandes cidades e ofertas atrativas aos clientes, o segmento se mantém em alta.

Com crescimento de 13,3% em janeiro de 2019, a produção e o mercado de bicicletas se mantém em alta neste ano

O mercado de bicicletas iniciou o ano de 2019 com uma tendência de crescimento após quatro anos de declínio, devido à expansão da mobilidade urbana, ofertas especiais no ano de 2018 e preços mais competitivos.

Somente em 2018, as fabricantes de bicicletas produziram 773.641 unidades. Com a facilitação de meios de parcelamento, criação de novas ciclovias em grandes cidades e preços e ofertas atrativas aos clientes, o segmento se mantém em alta e a projeção é que até o final de 2019 haja um crescimento de 10,8%, alcançando a produção de 857.000 unidades.

Além da projeção de crescimento para o ano de 2019, o mercado de bicicletas deve ter uma tendência de crescimento também devido à inovação tecnológica. Aplicativos de transporte pretendem trabalhar com bicicletas elétricas para transporte de curtas distâncias, apostando no segmento a fim de facilitar o transporte, considerando que a “corrida” com a bicicleta elétrica tem um valor inferior à corrida de carro e não precisa lidar com problemas de trânsito. 

O ciclismo também é uma das principais práticas esportivas e de lazer na escolha dos brasileiros no últimos anos, é o que alerta Tiago May, proprietário da marca Neth Bikes, que trabalha com vendas físicas e na loja virtual: “Espero um crescimento significativo nas vendas de bicicletas e acessórios, já que se aproximam as férias, o verão. Para 2020, acreditamos na melhora do mercado do ponto de vista econômico geral, o que pode trazer ao setor um crescimento parecido com os 40% de alguns anos atrás. Estamos otimistas.”

Além do crescimento em lojas físicas, o e-commerce é um dos principais canais que será impactado com o crescimento do segmento de bicicletas, segundo Robinson Gregorato, CEO da agência Eficaz Marketing: “Muitas pessoas estão enxergando potencial no mercado de bicicletas, devido ao seu crescimento dos últimos anos. O e-commerce tem sido um forte canal de vendas para este mercado, uma vez que é possível anunciar os produtos, bicicletas e acessórios no site e usar estratégias de marketing digital para fortalecer a marca e, consequentemente, o segmento de bicicletas em geral.”

Além disso, as expectativas de crescimento também são muito boas no ponto de vista do Renato Martins Seabra, ciclista profissional e proprietário da Seabra Bikes. “Embora o crescimento ainda não seja tão grande devido à situação financeira atual do país, o mercado de bicicletas tem apresentado um crescimento muito grande ao longo desses 28 anos em que estou envolvido no segmento. A evolução das bicicletas é evidente: anteriormente, as bicicletas possuíam aro 26, enquanto hoje é usado o aro 29. A tecnologia e inovação impactaram muito no crescimento deste mercado e influenciaram diretamente nas vendas da nossa loja.”

Enfim, a projeção para o segmento de bicicletas nos próximos anos é um crescimento significativo, facilitando o acesso à atividades físicas e de lazer, além das vendas de bicicletas, peças e acessórios em lojas físicas e, principalmente, em lojas virtuais.

Website: https://eficazconsultoria.net.br

Artigos Relacionados