Ronnie Von revela que ganhou muito dinheiro e agradece à Record: “Não estaria aqui hoje”

Ronnie Von revela que ganhou muito dinheiro e agradece à Record: “Não estaria aqui hoje”Publicado em 4 set, 2018 - 10:31 por Redação BR

Para dar início às comemorações dos 65 anos da Record, Fábio Porchat recebe o apresentador Ronnie Von. No bate-papo que vai ao ar nesta segunda-feira (03), o convidado fala da experiência de ter trabalhado na Record e relembra os bastidores da televisão na década de 1960 e as amizades que ficaram para sempre.

“Era uma época ingênua, estávamos mudando o comportamento social do mundo… Foi uma revolução pela música. Sou muito orgulhoso de ter feito parte dessa geração”, conta. Ao falar da emissora, Ronnie foi enfático: “A Record foi meu berço, meu primeiro programa de televisão foi na Record. Se não fosse a Record, não estaria aqui hoje. A música popular brasileira deve tudo, em termos de massificação, à Record”.

Leia Também  Marlos Cruz visita dentista antes de ir para Miami

Ele ainda revela que ganhou muito dinheiro nessa época: “A geração da qual fiz parte foi a que começou a ganhar dinheiro no Brasil… É hipocrisia dizer que não se ganhava dinheiro”, confessa. O apresentador e cantor também se diverte ao lembrar do que comprou quando conseguiu juntar um bom dinheiro: “Comprei um avião, mas pagava aluguel”.

Alguns dos mais importantes nomes da turma da Jovem Guarda – os cantores Wanderley Cardoso, Martinha e Netinho, do conjunto Os Incríveis – são os outros convidados da noite. Os três falam da importância do movimento como símbolo de uma revolução cultural e de comportamento e ainda recordam o assédio dos fãs e as histórias de bastidores. No palco do talk show, Martinha e Wanderley Cardoso, acompanhados por Netinho na bateria, cantam “Festa de Arromba”, um clássico que embalou gerações.

Leia Também  Carol Ferreira fará show de lançamento do EP 'LadoC' em Botafogo, no Rio

 

Divulgação / RecordTV

Sem categoria