Ronnie Von revela que ganhou muito dinheiro e agradece à Record: “Não estaria aqui hoje”

               Ronnie Von revela que ganhou muito dinheiro e agradece à Record: “Não estaria aqui hoje”Publicado, 4 set, 2018 - 10:31 por Redação BR

Para dar início às comemorações dos 65 anos da Record, Fábio Porchat recebe o apresentador Ronnie Von. No bate-papo que vai ao ar nesta segunda-feira (03), o convidado fala da experiência de ter trabalhado na Record e relembra os bastidores da televisão na década de 1960 e as amizades que ficaram para sempre.

“Era uma época ingênua, estávamos mudando o comportamento social do mundo… Foi uma revolução pela música. Sou muito orgulhoso de ter feito parte dessa geração”, conta. Ao falar da emissora, Ronnie foi enfático: “A Record foi meu berço, meu primeiro programa de televisão foi na Record. Se não fosse a Record, não estaria aqui hoje. A música popular brasileira deve tudo, em termos de massificação, à Record”.

Ele ainda revela que ganhou muito dinheiro nessa época: “A geração da qual fiz parte foi a que começou a ganhar dinheiro no Brasil… É hipocrisia dizer que não se ganhava dinheiro”, confessa. O apresentador e cantor também se diverte ao lembrar do que comprou quando conseguiu juntar um bom dinheiro: “Comprei um avião, mas pagava aluguel”.

Leia Também  Tramas Culturais discute Cena Musical Paulistana

Alguns dos mais importantes nomes da turma da Jovem Guarda – os cantores Wanderley Cardoso, Martinha e Netinho, do conjunto Os Incríveis – são os outros convidados da noite. Os três falam da importância do movimento como símbolo de uma revolução cultural e de comportamento e ainda recordam o assédio dos fãs e as histórias de bastidores. No palco do talk show, Martinha e Wanderley Cardoso, acompanhados por Netinho na bateria, cantam “Festa de Arromba”, um clássico que embalou gerações.

 

Divulgação / RecordTV

Sem categoria