Rionegro e Solimões: a maior verdade do primeiro de abril


Dupla comemora 31 anos de carreira e anuncia que agora integram o casting da Mega Produções Artísticas

Rionegro e Solimões: a maior verdade do primeiro de abrilPublicado por Redação SP em 31 mar, 2020 - 20:09 / Creditos

Contrariando as piadinhas que ouvimos em todo primeiro dia do mês de abril,  é aquela mentira que virou verdade. É nesta data que os sertanejos completam 31 anos de carreira levando nas costas o lema: “Bote um sorriso na cara e mande embora a solidão”. E foi assim, levando alegria ao povo que se tornaram uma das duplas mais respeitadas do Brasil, colecionando números extremamente satisfatórios.

A ligação dos cantores com o 1° de abril é bem forte. Foi em 1989 que eles lançaram o primeiro LP de carreira, que levava apenas o nome da . De lá pra cá, a caminhada foi seguida de sucessos e glórias, conquistadas merecidamente em uma carreira consolidada, com muito amor e dedicação. E por incrível que pareça, o primeiro DVD dos artistas também foi gravado em primeiro de abril.

Comemorando 31 primaveras, é o tipo de dupla que agrada desde aquela criancinha que começa a descobrir as notas musicais até as pessoas que alcançam a melhor idade. Não tem uma faixa etária específica para curtir clássicos populares como “Peão Apaixonado”, “Frio da Madrugada”, “A gente Se Entrega”, “De São Paulo a Belém”, entre tantas outras canções que marcaram e ainda marcam a vida das pessoas.

Quem nunca cantou uma melodia dos artistas em um karaokê, que atire a primeira pedra. “Na Sola da Bota” é um desses clássicos do cancioneiro popular que está na boca de todos os brasileiros, de norte a sul do país. “Ela foi lançada originalmente em 2003 e de lá pra cá conquistou todos. É sucesso em festa de rodeio, festa de criança e até em velório eu já ouvir tocar”, diverte-se Solimões.

O carimbo de todo esse sucesso vem com os números do YouTube – com  os inúmeros perfis que publicaram os clipes da música “Na Sola Da Bota”, a faixa ultrapassa a impressionante marca de 20 milhões de views. “O povo publica vídeo gravado ao vivo pelo celular de algum show nosso, de coreografia feita pelas criancinhas em festa infantil e até videoaula ensinando os acordes na gaita. Esse é o maior presente que um artista pode ter. Esse reconhecimento popular não tem preço”, analisa o primeira voz.

Mas, engana-se quem pensa que Rionegro e Solimões tem apenas esses grandes hits ao longo da carreira. Entre coletâneas e registros de sucesso, somam mais de 300 músicas gravadas , 19 CDs e 4 DVDs.  A dupla já  subiu ao palco mais de 7.000 vezes, vendeu mais de 13 milhões de cópias e bateu recorde de público em festas de peão. Como reconhecimento, recebeu dezenas de discos de ouro, prata, platina e platina dupla. Alguns de seus sucessos fizeram parte da trilha sonora das novelas Laços de Família (“Peão Apaixonado”, 2000), Cabocla (“Floresce”, 2004), América (“Na Sola da Bota”, 2005) e A Favorita (“Vida Louca, 2008).  “Ultrapassamos 3 décadas de estrada. O artista precisa ter a percepção do que está acontecendo na atualidade e se reinventar quando for necessário. Graças a Deus, meu parceiro e eu conseguimos ter esse olhar crítico e por isso estamos na ativa até hoje”, analisa Rionegro.

De uns anos pra cá, os cantores também se tornaram referência na internet. Disponibilizando todos os discos nas plataformas streaming e capitaneando um canal de sucesso no YouTube, a dupla chega próximo aos 125 milhões de views em suas frentes digitais. Particularmente, quem entrou de cabeça na onda da internet foi Solimões. O sertanejo tem quase 360 mil seguidores no Instagram e não poupou esforços para conquistar novos fãs nessa plataforma. Ele é febre por lá e diversas vezes viralizou na rede ao postar fotos e vídeos irreverentes. Todavia, Rionegro também é referência. Tratando com mais seriedade suas postagens, o artista retrata seu cotidiano na fazenda, entre sua criação de cavalo e novas melodias compostas. Sua rede atualmente conta com 256 mil seguidores. E não é só. A dupla também tem o instagram oficial, ultrapassando os 300 mil seguidores – nesta frente são retratados os bastidores dos shows e dos programas de TV, além de alguns recados exclusivos dos artistas direcionados aos fãs.

E é por todo esse know how e carisma que a dupla mudou de casa recentemente.  É isso mesmo que o título diz. Os sertanejos mais queridos do Brasil acabaram de assinar um contrato de gerenciamento de carreira com a Mega Produções Artísticas – escritório responsável também pelas carreiras de May e Karen e os talentosos Diego e Arnaldo. Essa mudança trará muitas novidades ainda neste semestre de 2020.

Capitaneada por Claudio Roberto Santos Boaventura Oliveira (conhecido como Manolo) a label promete um gerenciamento artístico no modelo de grandes agências internacionais, atuando em várias frentes. Importante ressaltar que o escritório foi responsável pela ascensão de Gusttavo Lima João Neto e Frederico “Além da venda de shows, faremos também gestão de redes sociais e marketing digital e também assinaremos a distribuição dos novos produtos da dupla”, detalha Manolo. “Rionegro e Solimões são artistas extremamente conhecidos em todo o Brasil. Com certeza eles vão somar muito fazendo parte do casting do escritório e juntos vamos decolar e conquistar todo o território nacional. Assim como fizemos como May e Karen, Diego e Arnaldo, vamos inserir a dupla em festivais, festas e feiras agropecuárias de todo o Brasil” comemora Cláudio.

Esse novo caminho agregará ainda mais valor à marca dos sertanejos. A Mega não vai deixar essa data passar batida. “A história da dupla é muito grande. Eles já construíram muitas coisas e tem uma essência única. A qualidade do trabalho deles é impecável. Assumimos agora para dar a eles mais 31 anos de glórias – agregando a estrada deles a agressividade que a label em para trazer muitas datas de shows”, detalha Manolo.

A primeira faixa escolhida foi a bela e apaixonada , composta por  Alexandre / Rodrigo Reys /  Pedro Souto Maior / Lauana Prado / William Santos. Trata-se de um modão pra lá de apaixonado que retrata a realidade de muitos casais brasileiros que um dia se amaram. “Quando o homem ama de verdade, ele sofre muito quando um relacionamento termina e essa música fala realmente sobre isso. Tenho certeza de que muitos vão se identificar”, analisa Rionegro. “Até mesmo quem já tá arranjado pode ouvir e lembrar de um relacionamento antigo. Daquela namoradinha do passado… “, completa Solimões sem perder o bom humor.

 Você pode conferir “Arruma Essa Casa”