Projeto Escreva prepara alunos para a redação do vestibular



Projeto Escreva prepara alunos para a redação do vestibularPublicado por Parceiro Dino em 31 out, 2019 - 10:01 -

Rio de Janeiro 31/10/2019 –

Iniciativa oferece aulas interdisciplinares para ajudar na contextualização e argumentação de temas

Mais de cinco milhões de candidatos vão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 03 e 10 de novembro, segundo balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Alunos se dedicaram durante todo o ano de 2019 para terem mais chances de disputar uma vaga nas instituições públicas e particulares conveniadas ao vestibular. Mas, todas essas horas extras de estudo e dedicação podem não ser suficientes, caso o estudante não alcance uma boa nota na redação do Enem.

De acordo com a professora de Redação e Língua Portuguesa, Elaine Antunes, especialista em correção de redações do Enem, essa pode ser uma nota decisiva para os candidatos que concorrem a uma vaga em cursos de Medicina, Engenharia e Direito. Na área de Medicina, por exemplo, o aluno precisa alcançar, pelo menos, 940 de pontuação na produção textual para continuar na disputa das melhores universidades do país. E foi pensando na importância desse quesito no exame nacional que a carioca criou o Projeto Escreva (https://www.facebook.com/cursoescreva/) – grupos de estudos com foco em aulas preparatórias para as provas de redação das principais universidades do país, ministradas por uma equipe de professores especialistas em correção de redações de vestibulares.

Além da quantidade reduzida de alunos por classe, outro grande diferencial dessa iniciativa são as aulas interdisciplinares, com professores convidados de várias áreas, como Geografia, História, Psicologia, Direito, Sociologia, Filosofia, entre outras matérias capazes de aprimorar a capacidade de contextualização e argumentação dos candidatos. O projeto, voltado para alunos do vestibular é realizado nos bairros de Botafogo, zona Sul da cidade, e abrirá, em 2020, no bairro da Tijuca, zona Norte, no Rio de Janeiro. Nele, além de revisarem questões gramaticais e a organização textual, os candidatos também participam de debates sobre temas atuais. A ideia é tornar o aluno capaz de argumentar de maneira bem fundamentada, com sua própria autoria, temas diversos que possam cair na redação do vestibular.

E como a construção linguística e a textual são tarefas que requerem tempo e merecem a atenção dos alunos de todas as séries, o Escreva vai oferecer, a partir de 2020, aulas de redação para estudantes do Ensino Fundamental. O objetivo dessa proposta é garantir uma boa base de produção de texto para toda a vida acadêmica do aluno, além de auxiliar aqueles que desejarem participar de concursos de instituições públicas, como Colégio Militar e Colégio Pedro II. Ministradas também em Botafogo, as aulas para estudantes com até 15 anos reforçam tanto a interpretação de texto e a construção da produção textual, quanto atentam para debates que contribuem para a organização de ideias, argumentação e contextualização de temas.

 “Como entendo os critérios de avaliação do Enem, sei que a nota da redação tem um peso muito grande no balanço geral do candidato. Ela pode ser um fator de desempate entre alunos que concorrem a uma vaga ou bolsa de estudos. Vejo muitos alunos dedicados durante todo o ano nas suas matérias específicas, mas eles se esquecem de que a redação é tão importante quanto ou mais até. A banca quer saber se o candidato realmente domina a Língua Portuguesa e consegue escrever um texto coerente, dissertativo-argumentativo, com todo o contexto social, político e econômico que um vestibulando deve ter. Por isso, o Projeto Escreva vai além da técnica de redação. Eu me preocupo em oferecer também todo o conteúdo necessário para que o aluno não só consiga criar um texto a ser usado na universidade, mas também conectar fatos, informações de forma coerente”, explica Elaine Antunes, idealizadora da proposta.

  

Sobre a idealizadora do Projeto Escreva:

Elaine Antunes é professora formada em Letras (Português-Grego) pela UFRJ e conta com mais de 20 anos de experiência ministrando aulas de Língua Portuguesa, Literatura, Redação e Grego. É especialista em correção de redação e de outros vestibulares. Atualmente trabalha em escolas conceituadas no Centro e na Zona Sul do Rio de Janeiro.

 

 

Serviço Projeto Escreva:

Inscrições: 21. 99698-5031 | [email protected]

Instagram: @cursoescreva                                       

 

 

Unidade Zona Sul

Local: Espaço Colmeia Carioca de Coworking

Rua das Palmeiras, nº13 – Botafogo

 

Ensino Médio

Horários: Segundas ou Terças, das 18h10 às 19h30

     Quintas ou Sextas, das 16h10 às 17h30

 

Ensino Fundamental

Horários: Sábados, das 08h30 às 09h45 (alunos do 6o e 7º anos)

     Sábados, das 10h às 11h15 (alunos do 8º e 9º anos)

 

Unidade Zona Norte | Alunos do Ensino Médio

Rua General Rocca, nº 449 – Tijuca

Horário: Quintas, das 16h10 às 17h30

               Quintas, das 18h10 às 19h30

 

Website: https://www.facebook.com/cursoescreva/

Artigos Relacionados