Paraíso do Tuiuti apresenta samba-enredo 2020


Um Sebastião não falha

Paraíso do Tuiuti apresenta samba-enredo 2020Publicado por Anderson Lopes em 20 out, 2019 - 6:13 - Foto: Danielle Nascimento

Samba feito por encomenda, o Paraíso do Tuiuti apresentou nesta sexta-feira(18), o samba-enredo para o Carnaval 2020. O enredo da agremiação do bairro de São Cristovão, “Santo e o Rei: Encantarias de Sebastião, um encontro de Dom Sebastião, rei de Portugal, com São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de janeiro(tembém padroeiro da escola). A música é de autoria de seis grandes compositores, Moacyr Luz, Claudio Russo, Anibal, Julio Alves, Pier e Tricolo.

O enrendamento da Amarelo ouro e Azul pavão será desenvolvido pelo figurinista e designer gráfico, João Vitor Araújo, o único carnavalesco solo negro do Grupo Especial do carnaval carioca(wikipédia). Os Blocos tradicionais do Rio, Cacique de Ramos e Cordão da Bola Preta, foram os convidados dessa noite especial, junto aos tuiutienses e componentes da escola da Zona Norte.

Primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Marlon Flores e Danielle Nascimento – Foto: Danielle Nascimento

Primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Marlon Flores e Danielle Nascimento – Foto: Danielle Nascimento

((( Confira a letra do samba do Paraíso do Tuiuti 2020 )))

Todo vinte de janeiro
Nos altares e terreiros
Pelos campos de batalha
Uma vela pro divino
O imperador menino
Um Sebastião não falha

Nas marés, o desejado
Infiéis pra todo lado
Enfrentou a Lua cheia
No deserto, um grão de areia
Dom Sebastião vagueia
Sem futuro, nem passado

Renasce sob nós, um caboclo encantado
Na praia dos lençóis, é o touro coroado
Vestiu bumba-meu-boi
Até mudou o fado
No couro do tambor foi batizado

Poeira, ê! Poeira!
Pedra bonita pôs o santo no altar
Sangrou a terra, onde a paz chorou a guerra
Mas ele vai voltar!

Rio, do peito flechado
Dos apaixonados
Rio-batuqueiro
Oxossi, orixá das coisas belas
Guardião dessa aquarela
Salve o Rio de Janeiro!

Orfeus tocam liras na favela
A cidade das mazelas
Pede ao santo proteção
Grito o teu nome no cruzeiro
Ó, padroeiro! Toda minha devoção

No Morro do Tuiuti
No alto do terreirão
O cortejo vai subir
Pra saudar Sebastião