Pagodin amanhece com Léo Santana e garante edição em 2020 Histórico



Pagodin amanhece com Léo Santana e garante edição em 2020 HistóricoPublicado por Redação SP em 28 nov, 2019 - 10:38 - Fotos: Juci Ribeiro / Divulgação

Com uma grade que trouxe o que há de melhor do samba e pagode na atualidade. Figurinhas marcadas já em Salvador, Harmonia, Parangolé, Sorriso Maroto, Péricles e Léo Santana se juntaram a Thiaguinho e Tiee e fecharam a grade de atrações dessa festa que já tem edição garantida em 2020.

A presente nos principais eventos de samba da cidade, a galera massa da CBX Samba Club abriu o evento com seu tradicional partido alto de qualidade.

A multidão que foi se formando já aguardava o “Rei da Voz” – Péricles. Retornando a Salvador após a gravação do DVD, em julho, o paulista optou por levar canções do novo trabalho intitulado de O Mensageiro do Amor, inclusive com a versão da música Havana, de Camila Cabello.

Leia Também  Leo Santana e Ferrugem agitaram público no CTN em SP

Sem perder muito tempo, Harmonia subiu puxando sua música nova “Churrasco” que deverá ser trabalhada para chegar no carnaval na boca do povo. Em sequência veio uma das atrações mais esperadas: Sorriso Maroto. O show foi bem especial por marcar a volta de Bruno Cardoso (vocalista) num show em Salvador após os recentes problemas de saúde. Sai o romantismo, entra o pagode baiano. Uh pai chegou! Como prometido no instagram, Tony Salles aprontou mais uma no Pagodin.

O vocalista da Banda Parangolé começou o show de guindaste e levou o público a loucura. Passada a euforia, veio Thiago André Barbosa, conhecido também como Thiaguinho (ou TH) exalou ousadia e alegria e instaurou novamente o romantismo no Wet’n. Já Tiee, foi dando contornos finais ao Pagodin com seus sucessos da carreira.

Leia Também  Simone & Simaria abrem a segunda noite de show em Barretos

Compositor nato desde jovem, Tiee tem diversas músicas conhecidas que estouraram na voz de Belo, Ferrugem, Thiaguinho, entre outras feras do samba.

Em entrevista, o carioca mostrou ter um sonho de ter suas composições por 2 gigantes da música brasileira. Fábio Junior e Roberto Carlos. Para quem aguentou a overdose de romantismo e pagode, amanheceu o dia com o gigante Léo Santana. O baiano fez um super show que manteve o Wet’n Wild lotado até as 5:30 da manhã.

Crédito das Fotos: Juci Ribeiro / Divulgação

Harmonia