"O cinema pelo fim da Violência a Mulher" no Curta Canedo 2018 Goiás
01/09/2018

“O cinema pelo fim da Violência a Mulher” no Curta Canedo 2018 Goiás

“O cinema pelo fim da Violência a Mulher” no Curta Canedo 2018 Goiás

Exibição de Filme com debate com as melhores líderes de Goiás tem presença da protagonista atriz internacional Cris Lopes, com Produção cultural de Carmelita Gomes, no Curta Canedo 2018 Goiás

A produtora cultural Carmelita Gomes convidou a atriz de cinema Cris Lopes para exibir no Brasil o Filme Miguel como convidada especial do 3o. Festival de Cinema Curta Canedo 2018, que será realizado de 20 a 22/setembro das 09h às 22:30h na Praça Criativa do Jardim das Oliveiras em Senador Canedo – Goiás. “O filme trata da violência doméstica, mas, resolvemos abranger o tema, porque acreditamos que as artes podem ser uma ferramenta de luta”. Diz a produtora e diretora do festival Carmelita Gomes.

Para debaterem este tema urgente em nossa sociedade além da conceituada atriz internacional Cris Lopes foram convidadas as melhores líderes de Goiás que tem em seus históricos, a luta pelo fim da violência e da discriminação de qualquer natureza. Líderes femininas que aceitaram o convite e estarão presentes no Curta Canedo “pelo fim da violência a mulher”.

Atriz Cris Lopes comenta: “Estou debatendo e divulgando o tema Valorização da Mulher no Brasil e no exterior e o convite do festival de cinema Curta Canedo é uma honra para mim, estar ao lado de mulheres empreendedoras nesta mesa de debates, líderes de destaque na sociedade de movimentos femininos que diariamente defendem as mulheres e lutam pela igualdade. Discutiremos esse tema com os jovens, homens e mulheres porque precisamos do comprometimento de todos e #JUNTOSSOMOSFORTES!”

Convidadas que participam da mesa de debates “O cinema pelo fim da violência a mulher” que será no último dia do festival Curta Canedo: dia 22/09 – sábado às 09h manhã:

Alice Fátima Martins: Doutora em Sociologia, Mestre em Educação, Licenciada em Artes Visuais. Professora na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás e no Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual. Pesquisadora do CNPq. Autora dos livros “Saudades do Futuro: a ficção científica no cinema e o imaginário social sobre o devir”, e “Catadores de sucata da indústria cultural”.

Ana Rita Marcelo: Professora ANA RITA MARCELO DE CASTRO, graduada em História, pela Universidade Federal de Goiás, Mestre em Ciências da Religião pela Pontíficia Universidade Católica de Goiás. É professora da Educação Básica, do Ensino Superior e Pós Graduação. Atualmente preside o Conselho Estadual da Mulher de Goiás – CONEM GO Coordenou o NEABI – Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Faculdade Alfredo Nasser, conselheira titular do Conselho Estadual da Mulher de Goiás, Assessora da Pastoral da Juventude do Meio Popular, foi dirigente do Sindicato dos Professores do Estado de Goiás- SINPRO-GO, integra o Fórum Goiano de Mulheres. Secretária Municipal de Política de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura de Goiânia de 2013 a 2015. É militante feminista, presidiu o Conselho Estadual da Mulher do Estado de Goiás, de 2009 à 2012, foi Vice-presidenta do Conselho Municipal de Educação de Goiânia, no período de 2010 à 2012.

Cris Lopes – Atriz internacional de cinema : Protagonista do filme “Miguel” sobre violência contra a mulher que será exibido e abre o debate do Curta Canedo 2018: Cris Lopes atua em diversos idiomas, já filmou na Inglaterra (Pinewood Studios de 007), França (“Une journeé a Paris”) e longa-metragens entre eles: atuou em inglês em “FREER” em lançamento Canadá & USA (breve na Netflix) e mais 12 filmes no Brasil: longa “Meio-Irmão” como Delegada em BREVE nos CINEMAS, direção de Eliane Coster; diversas indicações e prêmios “Melhor Atriz” como protagonista do humor negro “AGS Agencia Geral de Suicidio” exibido na Espanha, Uruguai, Argentina, em breve na tv brasileira; participação especial no longa “Bia 2.0” com estréia nacional este mês de setembro na Mostra Livre de Cinema na Competitiva Internacional de Longas em 20 cidades do estado de São Paulo; Filme “A Última Cena” sobre atriz perseguida na ditadura, direção Rodney Borges selecionado na Itália e Uruguay; na tv brasileira atuou nas emissoras Record Hora do Faro Especial Dia das Mães; Rede Tv 2005 e 2006:seriado infanto-juvenil Vila Maluca 150 episódios como a Xuxu, indicado a prêmio no Chile; SBT; Band21.

Patrycya Marques: Policial Militar, Graduada em Direito.

Cida Alves: Psicóloga, Doutora em Educação e Adm. do Blog “Educar Sem Violência”

Marileia Ferreira da Silva: Conselheira do CONEM. Dirigente do movimento Agô.
*Vai falar sobre a violência doméstica e sexual.

Sidiana Soares: Presidenta do Centro Popular da Mulher/UBM-GO
Presidenta do Conselho Municipal de Políticas para as Mulheres de Goiânia

Glacia Maria Teodoro Reis: Doutora em Direito Civil pela Universidade Buenos Aires. Ex Secretária Estadual de Política para as Mulheres e Promoção da Igualdade Racial. (2011 a 2014). Superintendente Executiva da Mulher e Igualdade Racial da Secretaria Cidadã,

Lucilene Vitório: Coordenadora da CONEN( Coordenação Nacional de Entidades Negras), Coordenadora da (CONNGO ) Coordenação de Negras (os) de Goiás. Membro da Diretoria do Grupo de Mulheres Negras Dandara no Cerrado, Conselheira do COMPIR) CONSELHO MUNICIPAL DE IGUALDADE RACIAL SC, Conselheira do CONEM) CONSELHO ESTADUAL DA MULHER.

Yordanna Lara: Historiadora pela Universidade Federal de Goiás; Em formação psicanalítica pelo DPG/ Goiás ; Mestranda em Antropologia Social/UFG; Membro pesquisadora do Trans/UFG, Membro fundadora do Coletivo TransAção/UFG; Pesquisadora do Sertão/UFG, Membro dos Advogados Amigos da Diversidade/Goiás e ativista dos movimentos de mulheres pretas, transexuais e travestis no Brasil.

Cirlene Pereira J. Santos: Representante do Cineclube Bandidas.

Alyne Schaglia: Policial Civil

Ana Claudia de Paula: Gerente Municipal de Promoção da Igualdade e de Atenção á Mulher.

Yane Ribeiro: GerenteMunicipal da Diversidade Sexual e de Gênero

Shyrley Cristina: Especialização na UFG – em metodologia do Ensino Fundamental, diversidade e inclusão social. Iniciei minha carreira em Senador Canedo com 18 anos, em 1999. Fui professora, Coordenadora Escolar, Coordenadora da Escola Aberta (educação rural) Diretora em Goiânia onde também sou concusada, Superintendente da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania em Senador Canedo e atualmente estou na coordenação da Secretaria Municipal de Educação. Professora – Secretaria Municipal e Estadual de Educação.

Carlita Macedo: Projetista, escritora, Livro: AMOR PROPRIO MULHER Conceito e consequências de violência física e psicológicas contra as mulheres. Pós graduada Informática Aplicada à Educação UFG. Graduada Sistemas da Informação Ueg

Silvana Silva: Cineasta. Diretora, roteirista e fotógrafa.

Camila Nunes: Cineasta.

Fatima Soares: Presidente da Liga de Mulheres de Senador Canedo.
Carmelita Gomes: Produtora Cultural – Conselheira Municipal de Promoção da Igualdade Racial e Diretora do festival Curta Canedo 2018.

Programação completa do festival com oficinas e filmes das mostras competitivas: www.facebook.com/curtacanedo

JUNTO AO EVENTO ACONTECE A FEIRA CRIATIVA CURTA CANEDO – COM MULHERES EMPREENDEDORAS DO MOVIMENTO AGO E ARMAZEM NORDESTINO.

Assistir Trailer do filme “Miguel” com Cris Lopes e Caue Camargo no Curta Canedo 2018: https://www.youtube.com/watch?v=eCJiAbD-Ccw

Curtir Fan Page da atriz internacional Cris Lopes (entrevistas nacionais e internacionais, trailers, tv): www.facebook.com/crislopesoficial

Crédito Fotos: Mulheres Líderes de Goiás : Imprensa Criativa – Carmelita Gomes
                         Atriz de cinema Cris Lopes em Paris/França  : Imprensa CL @crislopesoficial
Divulgação:
Publicado por Thiago Winner, escritor do livro “As regras simples da vida”, entrevistador  e colunista do site “egobrazil.com”

istanbul escort istanbul escort bayan escort şişli escort