Mulheres com força na música: conheça o grupo Donas

Ana, Lanor e Karol se apresentarão na Parada LGBT de São Paulo no próximo domingo (23)

Mulheres com força na música: conheça o grupo DonasPublicado em 17 jun, 2019 - 19:26 por Rennan Leta

O grupo Donas vem chamando a atenção por onde passa. Já são quase 12 milhões de visualizações na música “Dois Trabalhos”, além de shows marcantes, como o da Parada LGBT no Rio de Janeiro. Ana, Lanor e Karol caminham para mais uma experiência que tem tudo para ser inesquecível: no próximo domingo (23) elas estarão no Trio do Burger King da 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, a maior do Brasil, e vão se apresentar com Lexa e a britânica Mel C, ex-integrante das Spice Girls.

 

Donas em São Paulo

 

O feriado será agitado em São Paulo, já que as Donas se apresentam na ParadaSP Fest. O show será na quinta-feira (21) a partir das 23h, na Boate Audio, na Barra Funda.

As integrantes são amadas pelo público LGBT e se sentem honradas com esse sucesso. Segundo a cantora Dona Ana, a identificação aconteceu de forma natural: “o nosso maior público é LGBTQ+. Mas isso não foi de propósito, foi algo que eles nos abraçaram. Para nós é muito importante isso. A nossa luta não é só a causa negra, da mulher negra. É tudo junto. Contra o preconceito de forma geral“, disse.

Leia Também  Titãs trio acústico faz show em Santa Rita do Sapucaí/MG

Além disso, Ana diz que a maior referência das três é o Destiny’s Child, antigo grupo da Beyoncé. Entretanto, afirma que se inspiram na black music em geral e que têm o sonho de colaborações com as cantoras Karol Conká e Iza.

 

Das favelas para todo o Brasil

O trio vem de favelas do Rio de Janeiro. Lanor é do Jacaré, Ana mora em Madureira e Karol é da comunidade da Cascatinha. Mas engana-se quem pensa que isso limita o sucesso delas, que já fizeram shows em várias cidades do Brasil: “temos alguns bons shows que nos marcaram. Brasília foi sensacional, o público cantou junto, todos sabiam nossas músicas autorais. E foi uma das nossas primeiras viagens, então foi emocionante. Salvador, Recife e Teresina também foram shows marcantes, nas três boates deram ingressos esgotados. Outros shows legais que esgotaram foram em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e em Sorocaba, no interior de São Paulo. Cantar no Circo Voador lotado com o New Kids On The Bloco, em 2018, foi maravilhoso. Também participamos do bloco deles e cantamos para 10 mil pessoas, em São Conrado“, conta Lanor.

Leia Também  Vitinho grava novo DVD com participação de Péricles e Tiee

Em julho elas irão lançar mais uma música com clipe. A integrante Karol ressaltou a importância da participação na Parada LGBT e descreveu o sentimento da carreira até aqui: “sentimento maravilhoso de que estamos no caminho certo. Os discursos da Parada se alinham com o nosso. É contra preconceituosos, a favor da liberdade de expressão. É reconfortante saber que estamos cantando para um público tão inteligente e conectado às nossas causas! São casais lindos! Meninas empoderadas. Rapazes incríveis”, afirma.

Este slideshow necessita de JavaScript.