27/09/2018

Milton Nascimento sobre famosas contra Bolsonaro

Milton Nascimento sobre famosas contra Bolsonaro

Cantor Milton Nascimento  fala sobre força feminina após relançamento de ‘Maria Maria’ em EP de acústicas

Milton Nascimento aproveitou a releitura da canção Maria Maria, lançada no EP acústico A Festa, na sexta-feira, para celebrar a mensagem do hit, que fala sobre a força da mulher. Para isso, ele divulgou um clipe, estrelado pelas personalidades Zezé Motta, Camila Pitanga, Sophie Charlotte, Georgiana Góes, Arianne Botelho, Simone Mazzer e Jéssica Ellen. As atrizes e cantoras dançam, interagem e entregam performances relacionadas ao mundo feminino, como o parto.

O grupo, aliás, é formado por nomes que aderiram recentemente à campanha #EleNão, contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), criticado por posicionamentos considerados machistas. Sobre o movimento e as críticas que as celebridades têm sofrido desde o posicionamento político, Nascimento é sucinto: “As mulheres podem tudo”, diz em conversa com VEJA.

O cantor ainda relembra a importância da canção popularizada na voz de Elis Regina no fim dos anos 1970. “Costumo dizer que Maria Maria traduz a força das mulheres. Essa música foi inspirada numa personagem real, a Maria que tinha três filhos e morava na beira da linha de um trem em Minas Gerais. Ela tinha uma força incrível, passava dificuldades imensas… A história dela é muito bonita”, conta sobre a faixa assinada por ele juntamente com Fernando Brant, que conheceu a Maria original. “Essa música possui várias características em comum com o povo brasileiro. Nossa gente tem muita força. É um exemplo na alma de cada um. O povo brasileiro, aliás, dá muito exemplo na forma que a gente deve enfrentar a vida.

Sobre o clipe, Nascimento garante ter ficado feliz com o resultado. “É de uma sensibilidade que não tem nem como descrever.”

Divulgação