08/07/2018

Corrida e Marcha da Diversidade causam bloqueios no trânsito neste domingo

Corrida e Marcha da Diversidade causam bloqueios no trânsito neste domingo

Dois eventos neste domingo (8) irão provocar bloqueios no trânsito de Curitiba, pela manhã e à tarde. Um deles é a corrida de rua Santander Track&Field Run Series – etapa Pátio Batel, no bairro Batel, com largada prevista para acontecer às 7h. O outro é a 3.ª Marcha Pela Diversidade, que tem concentração marcada para as 13h, na Praça Santos Andrade, no Centro. Ambos os eventos terão gerenciamento de tráfego da Superintendência de Trânsito (Setran) e do Batalhão da Polícia de Trânsito (BPTran).

Para a realização da prova Santander Track&Field Run Series, que tem largada prevista para as 7h (saindo do Pátio Batel) e chegada às 8h30, a Rua Major Heitor Guimarães, entre a Vicente Machado e a Nossa Senhora Aparecida, terá o tráfego de veículos interrompido, assim como o cruzamento da Rua Carneiro Lobo com a Avenida Visconde de Guarapuava e o cruzamento da Avenida Sete de Setembro com a Rua Cândido Xavier. No decorrer de todo o trajeto, os atletas terão auxílio de agentes da Setran, que serão responsáveis pela orientação de trânsito aos motoristas, já que o restante do trajeto terá espaço compartilhado: o trânsito continuará fluindo nas pistas à esquerda, enquanto os corredores ocuparão a pista ao lado direito das vias.

São dois percursos: de cinco e de dez quilômetros. Os atletas vão passar por Hermes Fontes, Miguel Brenner, Bispo Dom José, Deputado Antônio Baby, Sete de Setembro, Nossa Senhora Aparecida, Major Heitor Guimarães, Vicente Machado, Maria Grodz, Doutor Carlos de Carvalho, Abrão Lerner, General Mário Tourinho, Martins Afonso, Alferes ngelo Sampaio e Avenida do Batel. Além dessas vias, o trajeto de cinco quilômetros inclui um trecho da Francisco Rocha. Segundo a organização, são esperados 1,5 mil participantes. A linha de chegada será na Rua Hermes Fontes.

A primeira prova da parceria aconteceu no dia 6 de maio, em São Paulo, e reuniu 1,9 mil inscritos. Para a etapa de Curitiba são esperadas 1,5 mil pessoas, em duas categorias: 10 km e 5 km. Segundo Marcos Madureira, vice-presidente executivo de comunicação, marketing, relações institucionais e sustentabilidade do Santander, o objetivo da corrida é proporcionar experiências a todas as pessoas que buscam melhorar sua qualidade de vida e praticar esportes ao ar livre.

Marcha da Diversidade

Já a terceira edição da Marcha da Diversidade movimentará o Centro de Curitiba. A concentração está marcada para as 13h na Praça Santos Andrade, com início do deslocamento dos participantes às 14h30, em direção à Praça Zacarias. De acordo com a organização do evento, são esperadas mil pessoas.

No trajeto, os participantes saem da Praça Santos Andrade e seguem pela Rua João Negrão, passando pela Avenida Marechal Deodoro até chegar na Praça Zacarias. Para organizar o fluxo, haverá bloqueios nas ruas centrais, organizados por agentes da Setran e pelo BPTran. Haverá interrupção no tráfego de veículos até o fim da marcha, no cruzamento da Avenida Marechal Deodoro com Barão do Rio Branco, Monsenhor Celso, Marechal Floriano, Doutor Muricy, João Negrão e Travessa da Lapa.

Durante nove horas, mais de 30 atrações sobem ao palco montado na Praça Santos Andrade e seguem o Trio Elétrico a partir das 14h, até a Praça Zacarias. Imperador Sem Teto, Raissa Fayet e Mulamba são algumas das artistas confirmadas. Além dos shows, haverá apresentações performáticas, DJs e falas de conscientização quanto ao combate a LGBTIfobia.

O evento é organizado pela Aliança Nacional LGBTI, Grupo Dignidade, Coletivo Cássia e TransGrupo Marcela Prado e geralmente acontece no final de junho, mas devido ao mau tempo foi transferido para esse fim de semana. A marcha foi criada em 2016 com o intuito de conscientizar a população LGBTI sobre a necessidade de combate à LGBTIfobia, em alusão ao dia 17 de Maio, Dia Internacional de Combate à Violência Contra Pessoas LGBTI.

 

 

Divulgacao