Liesa tentar reverter segundo corte de verbas no carnaval

Liesa tentar reverter segundo corte de verbas no carnavalPublicado em 11 dez, 2018 - 13:47 por Redação BR

Liesa quer reunião com a Riotur para tentar reverter segundo corte de verbas consecutivo para o carnaval

Diário Oficial de quinta-feira anunciou redução de R$ 1 milhão para R$ 500 mil para cada escola. Presidente da Liesa diz maior beneficiário do carnaval é a prefeitura.

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) se reuniu na noite de segunda-feira (10) para discutir o financiamento dos desfiles. O presidente da Liesa, Jorge Castanheira, criticou a Prefeitura do Rio. As escolas reclamam do corte – pelo segundo ano consecutivo – na verba que a prefeitura repassa para os desfiles.

Leia Também  Fábio Gouveia retorna como carnavalesco da Imperador do Ipiranga

Na quinta-feira (6), um decreto no Diário Oficial do município anunciou a redução – pela metade – do patrocínio para cada escola. A verba caiu de R$ 1 milhão para R$ 500 mil em duas parcelas.

“As escolas pretendem uma reunião com a Riotur para tentar reverter esse quadro. Porque isso será a demonstração de total descaso com o espetáculo. Nós fazemos carnaval com planejamento. Então, as escolas de samba estão nesse problema, A gente precisa que a Riotur e a prefeitura se façam presentes, porque quem é o maior beneficiário do nosso espetáculo é a prefeitura. E dizer que o carnaval não traz dividendos para cidade do Rio de Janeiro é um absurdo”, disse Castanheira.

Leia Também  Camarote Bar Brahma promove Carnaval Cultural

O Bom Dia Rio procurou a Riotur, mas ainda não obteve resposta.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Sem categoria