Léo Lima celebra nova fase com a mulher e a família.

Os dois se casaram em cerimônia evangélica, no Garden Party, no RJ

               Léo Lima celebra nova fase com a mulher e a família.Publicado, 31 jan, 2019 - 16:56 por Redação BR

Léo Lima e Michelle Lima da Silva vivem um conto de fadas que parece ter saído das telas de cinema. O casal, que oficializou a união com um super casamento no Rio, no final do ano passado, se reencontrou depois de 17 anos e não se desgrudou mais. “Tínhamos uma amiga em comum que nos apresentou, no ano de 2001, e ficamos juntos no mesmo dia. Namoramos por quase um ano e meio e nos separamos”, relembra Michelle, que se emociona ao falar sobre o reencontro. “A gente voltou a se falar após a morte da ex-mulher do Léo (ela faleceu em 2017). A mesma amiga que nos apresentou do tempo em que namorávamos me deu o telefone dele. Voltamos a manter contato para nos ajudar mesmo, mas isso acabou renovando nossos sentimentos de anos atrás. Eu morava nos Estados Unidos e ele jogava pelo Santa Cruz, de Recife. A gente se falava só por mensagem. Mas assim que visitei o Léo em Recife, tudo voltou e ficamos noivos imediatamente”, diz a psicóloga, que aceitou o pedido num jantar romântico preparado pelo jogador.  

O casal escolheu trocar as alianças numa cerimônia evangélica para 300 convidados. “Foi muita emoção. Nossos amigos que nos acompanharam desde a época do nosso namoro estiveram presentes”, diz Michelle, que escolheu um vestido off-white com camadas de renda francesa, tule repleto de micro paetês e todo bordado em cristais swarovsky. Para completar o look, o vestido ostentava ainda três metros de cauda  e quatro metros de mantilha, todas de renda bordada em pedraria do estilista Silvio Cruz. Já o cerimonial e a decoração ficaram a cargo do experiente Sandro Oliver. “Dançamos a primeira valsa juntinhos e, depois, com nossos filhos mais velhos”, contou Michelle.

A psicóloga contou ainda como decidiu voltar para o Brasil, antes de subir ao altar. “O Léo me chamou para morar com ele. Resolvemos casar pois, assim, poderia cuidar das crianças e dele”, diz a carioca, que tem dois filhos do primeiro casamento, Leonardo Barbosa da Rocha Lima, de 21 anos, e, Enzo de Queiroz Costa, de 8, enquanto Léo é pai de Ana Sophia S. V. Lima da Silva, de 12 e Pedro Leonardo Marwan S. V. Lima da Silva, de 6.

A relação do casal é baseada em muita amizade e cumplicidade. “Somos muito amigos, acima de tudo. Não fazemos nada sem o outro participar. A gente sabe tudo sobre a rotina um do outro, mesmo quando um não pode estar presente. O que define a gente é a parceria: o Léo é o meu melhor amigo, meu confidente, temos os mesmos ideais, sabe? Sem contar que ele é daqueles maridos românticos, faz questão de me agradar e me trata como uma rainha. Ele sabe me ouvir”, revela Michelle.

A rotina do casal é intensa: Michelle organiza todas as tarefas da casa e Léo está treinando pesado para voltar aos campos. Juntos, eles gostam de sair para jantar com amigos ou passar a tarde com as crianças, seja num churrasco ou jantando a dois. “Estar em família é sempre a nossa prioridade. Nossa união é de muito companheirismo, fidelidade, parceria, gargalhadas, confiança, respeito e amor um pelo outro. Nos conhecemos muito bem e sabemos o que queremos, temos uma só direção”, sentencia Léo. “O mais bacana é que tudo que vivemos se transformou num amor verdadeiro inquebrável, mas agora com a presença dos nossos filhos. Todos têm regras, mas têm os mesmos direitos e são todos irmãos. Somos uma grande família”, completa Michelle.

Léo Lima é cria das divisões de base do Madureira. No ano de 1999, foi levado para o Vasco do Gama, e dois anos mais tarde começou a jogar no time de profissionais. No mesmo ano, jogou pela Seleção Brasileira Sub-17, onde foi campeão do Mundial da Categoria.

No momento, Léo Lima está na Anapolina de Goiás. “Tenho treinado todos os dias, buscando manter a forma para obter um bom desempenho no Campeonato Estadual. Pretendo continuar jogando por mais dois anos para depois, quem sabe, ser técnico de futebol”, adiantou Léo, que cita como principais características sua visão de jogo e bons passes.

 

Sem categoria