Lançamentos imobiliários no DF até setembro de 2019 superam total de todo o ano passado



Lançamentos imobiliários no DF até setembro de 2019 superam total de todo o ano passadoPublicado por Parceiro Dino em 8 nov, 2019 - 14:56 -

8/11/2019 –

O Distrito Federal registra 66% a mais de lançamentos imobiliários residenciais de janeiro a setembro de 2019 (25 empreendimentos) em relação a todo o ano de 2018 (15). Além disso, as vendas estão positivas: nos nove primeiros meses deste ano, a média do Índice de Velocidade de Vendas (IVV) de imóveis residenciais atingiu 7,6%; somente em setembro, o índice foi de 7,5%, o melhor desempenho para um mês de setembro desde 2015. O setor imobiliário leva em conta que um IVV na casa dos 5% representa uma velocidade adequada para a venda de um empreendimento imobiliário.

IVV RESIDENCIAL

Os 25 lançamentos registrados de janeiro a setembro de 2019 superam também o resultado de todo o ano de 2016 (10 empreendimentos) e de 2017 (9).

LANÇAMENTOS RESIDENCIAIS

Os 25 lançamentos movimentam o mercado do DF com a colocação de 2.663 novas unidades residenciais para venda, sendo que, deste total, 1.966 foram negociadas nos 9 meses de 2019. Essas negociações geraram impactos positivos em uma ampla cadeia produtiva de empresas de vários portes, em especial, micro e pequenas, que atuam desde a construção, a negociação ou intermediação imobiliária, até a venda de móveis, de materiais de construção, projetos arquitetônicos, decoração, serviços diversos etc.

Pesquisa é realizada pela ADEMI-DF, SINDUSCON-DF com apoio do SEBRAE-DF.

Os dados são da mais recente pesquisa do IVV, que avaliou o desempenho do setor imobiliário voltado à construção de residenciais (unidades novas) no mês de setembro, junto a 29 incorporadoras imobiliárias, entre as mais ativas do mercado do DF. O IVV é apurado mensalmente por meio de pesquisa realizada em conjunto pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (ADEMI-DF), pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do DF (SINDUSCON-DF), com apoio do SEBRAE-DF. A coleta é feita pela pesquisa Opinião Informação Estratégica.

As quantidades de imóveis informadas se referem aos negociados pelas 29 empresas participantes da pesquisa e não representam o total de imóveis em oferta ou negociados em todo o DF. Os percentuais informados podem ser projetados para representação de todo o mercado imobiliário do DF.

IVV POR ESTÁGIO DA OBRA

Em setembro, a velocidade de vendas foi maior para imóveis na planta (em construção): 8,4%, com 81,4% do total das unidades vendidas naquele mês; já o IVV de imóveis já concluídos foi de 5,3%, com 18,6% das vendas. Em setembro as empresas pesquisadas informaram terem vendido 204 unidades.

A região com maior IVV residencial em setembro foi Samambaia (16,8%), seguida de Park Sul (13,9%); Santa Maria (13,4%); e Planaltina (11,7%).

A pesquisa mensal do IVV identificou que o preço médio do m² ofertado pelas 29 empresas em setembro (R$ 8.774) foi superior ao de agosto (R$ 8.585).

DADOS DA PESQUISA IVV SETEMBRO/2019

A pesquisa do IVV tem o objetivo de aferir os negócios de imóveis novos residenciais no DF e se a velocidade com que são vendidos está de acordo com as expectativas.

OFERTA DE IMÓVEIS RESIDENCIAIS

Em setembro deste ano estavam em oferta no mercado imobiliário 2.708 unidades residenciais novas (informaram as empresas pesquisadas), número inferior aos anos anteriores: em setembro de 2018 eram 3.584 e em setembro de 2017, 3.639 unidades.

Valor do m² imóveis residenciais

Entre várias informações do mercado imobiliário do DF, a pesquisa do IVV aponta a variação do preço médio ofertado por m² dos imóveis residenciais em cada região. Em setembro, a Asa Norte registrou o maior valor de oferta: R$ 13.940,50; o mais baixo foi ofertado em Santa Maria: R$ 2.941,99.

Imóveis comerciais – o IVV para imóveis comerciais em setembro foi de 2,5% no Distrito Federal, índice superior a setembro de 2016, a setembro de 2017 e a setembro de 2018, aponta a pesquisa.

Artigos Relacionados