Fábio Porchat diz: “Tenho pavor de filho”, mas espera ser pai antes dos 40

Fábio Porchat diz: “Tenho pavor de filho”, mas espera ser pai antes dos 40Publicado em 7 ago, 2018 - 15:47 por Cinthia Souto

Fábio Porchat, estrela da Record, comemora dois anos de seu programa e fala sobre carreira e família em entrevista ao CanAlvaro, do jornalista Alvaro Leme

Há dois anos o humorista enfrentou um de seus medos, a TV aberta, e assumiu o desafio de um talk show diário na Record.

“Quantas vezes a gente já ouviu que a Globo destrui alguém, o SBT. Fulano era hilário, foi pra Band…”

Com o sucesso na casa nova, um desafio já foi superado, mas há outro que o assusta ainda mais e que está em seus planos para um futuro próximo: filhos.

Já em ritmo de comemoração do seu segundo aniversário na emissora da Barra Funda, Porchat revela em entrevista ao CanAlvaro, do jornalista Alvaro Leme, o quanto é inseguro com relação a criar um filho.

“Criança é o máximo, eu amo criança. Mas criança morre, vira traficante, põe fogo na tua casa. Você organiza sua vida direitinho, vem a criança e bagunça com tudo aquilo”.

Leia Também  Lília Cabral reclama da pizza do Faustão

E ele justifica sua preocupação exagerada com a paternidade.

“Eu tenho medo de ter filho porque eu não sei como é que você educa as crianças nesse país horrível de educação e violência, nesse mundo de coisas horríveis que acontecem. Eu só penso em coisas terríveis. Eu tenho pavor disso”.

No entanto, mesmo assim, aos 35 anos, ser pai está em seus planos. “Daqui a uns dois anos. Antes dos 40 com certeza”.

Sobre sua ida para a Record, para quem tinha dúvidas se seu humor seria censurado na emissora, ele lembra que já mostrou aos fãs que teria sua liberdade preservada antes da estreia.

“Quando eu fiz a primeira chamada do meu programa na Record, na qual eu brincava que acreditava estar na Globo, a pessoas já viram que eu ia falar de tudo, que eu ia sacanear, então não tem essa, e eu acho que as pessoas acalmaram.

Leia Também  Operação Mesquita mostra as belas igrejas de Istambul

Porque TV aberta tem um monte de coisa que não pode falar, cada emissora tem a sua particularidade, mas o público aceitou”.

Assista ao vídeo na íntegra:

 

Por Cínthia Souto

 

SIGA O EGOBRAZIL:  @EGOBRAZIL

SIGA A COLUNISTA: @CINTHIASOUTO

LEIA TAMBÉM: GUSTTAVO LIMA ABRE AGENDA DE SHOWS DA SEGUNDA SEMANA DA FAICI 2018

Sem categoria