Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

14/08/2019

Estreia da Hora do Horror 2019 bate record de público

Estreia da Hora do Horror 2019 bate record de públicoPublicado em 14 ago, 2019 - 21:30 por Redação BR

O primeiro fim de semana de Hora do Horror registrou dobro de público em relação ao mesmo período do ano passado. Entre quinta-feira (8) e domingo (11), mais de 19,6 mil pessoas passaram pelo Hopi Hari, contra 9,3 mil em 2018. O número representa 112% de aumento – 10,4 mil visitantes a mais. A Hora do Horror é o maior evento de horror da América Latina e ocorre todos os anos, de agosto a novembro.

De acordo com o presidente do Hopi Hari, Alexandre Rodrigues, a estreia de “Apocalipse” foi a melhor desde a primeira edição da Hora do Horror, em 2002. “Batemos record de público e nossas projeções indicam que a adesão será cada vez melhor”, disse. “Isso é resultado de um trabalho feito com muito amor, dedicação e profissionalismo por todos nós, hópius e hópias (colaboradores, em Hopês) do País Mais Divertido do Mundo”, reforçou o gerente de Conteúdo, Rogério Barbatti. 

Hora do Horror 2019

A escuridão desceu sobre a Terra. O anticristo libertou os quatro cavaleiros: a Peste, a Guerra, a Fome, a Morte, e iniciou sua marcha sobre Urb, uma cidade projetada para o futuro e devastada pelos sete pecados capitais. As escrituras dizem que seu reinado durará mil anos. É tempo de desolação e horror. O príncipe das trevas não perdoará aqueles que atravessarem seu caminho. O Apocalipse vai começar!

Inspirada no texto religioso, a edição 2019 do maior evento de horror da América Latina promete ser também a maior Hora do Horror da história do Hopi Hari, parque temático em Vinhedo (SP), que completa 20 anos em novembro. A temporada estreia nesta quinta-feira (8), e aborda medos reais a partir de demônios já conhecidos: padre Morano, que é o anjo caído travestido de falso profeta, e Lúcifer.

Leia Também  Hopi Hari está pronto para a Hora do Horror 2019

O cenário de fim dos tempos é de aterrorizar. São quatro túneis: Desmanche Mr. CallMedical ClínicaPurgatório e Gruta das Visões, dois palcos: Metrópole Urb e Início de uma nova era, e duas regiões tematizadas: Wild West e Aribabiba, além do antigo Test-Drive. Para quem prefere evitar fortes emoções, as regiões de Kaminda Mundi, Infantasia e Mistieri não entram na brincadeira.

Ao todo, mais de 150 atores e bailarinos foram escalados para este elenco macabro e estão divididos entre os túneis, os palcos e as regiões tematizadas. Durante o dia, o parque funciona normalmente, sempre a partir das 11h, com mais de 40 atrações para divertir o visitante. Depois, às 18h30, o Hopi Hari se transforma em Urb, com todas as peças do espetáculo de horror ocorrendo simultaneamente até as 20h30.

O show principal, que conta a história fictícia de Apocalipse, seguido da tradicional balada eletrônica pra quem curte, acontece na Arena di Hopi Hari. O palco tem 22 metros de boca e 12 de altura, mais dois do chão, e reserva um dos maiores cenários já montados no local, em meio a som, luzes e efeitos especiais de arrepiar.

Leia Também  Hopi Night 2019 no Hopi Hari, interior paulista

Novidades

As principais novidades desta edição aguardam o visitante nos túneis. Além de dois deles terem, pela primeira vez, incríveis cinco minutos de duração, elementos como água e sangue – de mentira, é claro! – podem atingir quem tiver coragem de entrar em alguns deles. O trajeto do Desmanche, por sua vez, inclui ainda a carcaça de um avião pós-acidente. Também há surpresas no palco – só indo para descobrir.

De acordo com o presidente do Hopi Hari, Alexandre Rodrigues, o evento deste ano teve um aporte de R$ 2,8 milhões, cinco vezes mais do que o investido em 2018. “O palco ganhou uma cenografia cinematográfica, assim como a fachada do parque”, afirmou. “Nosso Imigradero se transformou no portal de Urb, e nossas fronteiras convidam o visitante a uma experiência inédita de horror.”

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Hopi Hari (@hopihari) em

 

Foto: João Pedro Martins.