Escritora explica a importância do projeto “Carta de Natal”



Escritora explica a importância do projeto “Carta de Natal”Publicado por em 11 dez, 2019 - 13:12 -

São Paulo/SP 11/12/2019 –

Quem nunca escreveu uma cartinha para o Papai Noel? A era digital nos afastou de muitas tradições e sensações prazerosas da vida.  O ato de colocar desejos em palavras traz muitos benefícios, pois além de nos conectar com a infância, traz resultados reais para a vida de qualquer pessoa. Estudos indicam que escrever objetivos ajuda a alcançá-los. Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, comprovaram a tese de que quem escreve sobre os seus sonhos tem uma chance maior de realizá-los. Formalizar ajuda a concretizar, pois cria um caminho neurológico para isso.

Com o intuito de resgatar essa emoção e potencializar resultados, nasceu o projeto Carta de Natal, um resgate da beleza que ronda essa época do ano, onde as pessoas reavaliam suas vidas e praticam com mais ênfase a empatia. Perdoar mais, permitir-se mais e compreender mais facilmente a dor do outro.

Não se trata apenas de escrever simplesmente, mas de expressar desejos sinceros, imaginar um sonho se tornando realidade e agradecer. Pesquisadores da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, concluíram que exercer a gratidão através da escrita faz com que o cérebro se condicione a ser grato, como se ele se lembrasse do comportamento carinhoso e passasse a agir mais dessa forma, um verdadeiro exercício de gratidão.

O projeto “Carta de Natal” convida a todos a voltar à infância, a sonhar e a ressignificar a gratidão.  Através da escrita, todos ficam mais propensos a “lembrar” desse comportamento carinhoso e passar a agir mais dessa forma.

Essa já é uma prática constante nas palestras que faz. Carla Brandão se dedica não só ao mundo corporativo, como tem um forte trabalho em comunidades carentes e instituições com propósitos sociais sem vínculos governamentais. Ela dedica muito do seu tempo para  oferecer ferramentas que trazem o verdadeiro sucesso justamente a quem mais precisa delas.

A troca de experiências nesses encontros sociais está no compromisso de que todos os presentes devem escrever, ao final de cada encontro, uma carta e nela relatar um pouco da própria história, expressar seu principal sonho e dizer a que é grato no momento. Essa carta é entregue aos participantes da próxima palestra, a fim de se estimular a comunicação interna, tirar as amarras da vergonha e dos medos, fortalecer laços e promover a consciência de que é bonito sonhar, acreditar na possibilidade de realização desse sonho e praticar a gratidão, como método de aceleração desse processo.

Nesse Natal, escrever uma carta representa potencializar a realização de sonhos e ajudar outras pessoas com uma atitude corajosa e legítima. O slogan do projeto é: “Nesse Natal, escreva a diferença”. Para isso, basta empatia, vontade, papel e caneta.

Sobre Carla Brandão

Jornalista, podcaster, escritora, palestrante e professora universitária. Estuda e difunde os benefícios da programação neurolinguística, do mindfulness, da meditação e da psicologia positiva há dez anos. Especialista em desenvolvimento humano, com visão prática sobre automotivação, administração do tempo, melhoria contínua e inovação. Autora do livro #DoeCoragem – Manual divertido de viver o agora e criadora do Podcast “Na trilha da Coragem”.

Artigos Relacionados