Junior Durski diz que Brasil não pode parar por conta de “5 ou 7 mil pessoas que morrerão”



Junior Durski diz que Brasil não pode parar por conta de “5 ou 7 mil pessoas que morrerão”Publicado por Redação BR em 24 mar, 2020 - 0:48 - Divulgação / Twitter

Junior Durski, que passou a ser alvo de boicotes após apoiar manifestação pró-Bolsonaro, gravou um vídeo para pregar o fim do isolamento, recomendado como forma de conter o coronavírus

O empresário Junior Durski, dono do restaurante Madero, gravou um vídeo que começou a circular nas redes sociais nesta segunda-feira (23) em que critica o isolamento, método recomendado por especialistas e que tem sido a forma mais efetiva de conter o avanço da pandemia de coronavírus.

Para Durski, o Brasil não pode parar por conta de “5 ou 7 mil pessoas que morrerão”.

O empresário considera que a economia é mais importante que a vida e justifica dizendo que no país se morrem muito mais pessoas por conta da violência ou da subnutrição.