Sucesso com ‘Din Din Din’, Ludmilla entrega sobre o crush que é alvo da música



Sucesso com ‘Din Din Din’, Ludmilla entrega sobre o crush que é alvo da músicaPublicado por Redação BR em 16 jul, 2018 - 19:59 -

Tudo começou com uma despretensiosa indireta que Ludmilla mandou para um crush, num post do Instagram, usando o esboço de uma música dos MCs Pupio e Doguinha. Minutos depois, “Din din din” caiu no gosto do povo. Sucesso nacional, a canção bate um recorde atrás do outro: é a oitava mais baixada no Spotify Brasil, com quase 400 mil acessos; a mais pedida em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte; seu clipe tem mais de 48,5 milhões de visualizações; e a canção é a número 1 do Itunes Brasil.

Leia Também  Isaque Lopes lança clipe e traz nostalgia dos anos 90

— “Din din din” surgiu de uma grande brincadeira. Quando postei o vídeo (com 5,6 milhões de cliques), fiz uma provocação. Repercutiu tanto que vi ali uma música inteira. Até agora, a indireta não deu certo, mas não encontrei com a pessoa ainda — lamenta ela, que procurou os autores do refrão para finalizar a obra, lançada oficialmente no último dia 21.

Enquanto ela segue sem encontrar o alvo da indireta — na verdade, mais direta impossível —, o número de shows aumenta e o alcance de “Din din din” também. Nos quadros desta página, artistas elogiam o hit. E nas redes, anônimos e famosos começaram a fazer adaptações, cada um mandando seu recado.

Leia Também  Ludmilla publica clique ao lado da namorada

“Essa merece medalha de ouro”, festeja Ludmilla, no Instagram.

Com ‘Din din din’ Ludmilla ainda não agarrou o crush, mas volta a ser fenômeno

Elza Soares
Elza Soares Foto: Bárbara Lopes / Agência O Globo

‘‘É importante ter músicas como essa falando da força da mulher. Fico feliz que tenha uma geração de cantoras perpetuando este discurso. Afinal, Deus é mulher, meu bem! ( risos)”, diz Elza Soares.

Jojo Todynho, cantora
Jojo Todynho, cantora Foto: Leo Martins / Agência O Globo

“Essa música provoca o homem a se posicionar, assumir. A mulher precisa cobrar essa postura dele. Comigo é assim: Entra, ou não fica na porta atrapalhando a passagem”, provoca Jojo Todynho.

Valesca Popozuda, cantora
Valesca Popozuda, cantora Foto: divulgação

“Trazer o poder feminino para o primeiro plano é mostrar que ninguém deve dizer o que podemos ou não fazer. Devemos fazer e ponto!”, reforça Valesca Popozuda.

Helga Nemeczyk, atriz
Helga Nemeczyk, atriz Foto: Marilia Cabral/Rede Globo/Divulgação

“A música é bem dançante, fica na cabeça. E é legal também porque fala daquela situação em que o cara fica naquele chove-não-molha com a mina. Amigo, pega na mão e assume!”, brinca Helga Helga Nemeczyk.

Guilhermina Libanio, atriz
Guilhermina Libanio, atriz Foto: divulgação

“Acho a música incrível! Ela manda o papo mesmo. O mais legal é ver todo mundo se identificando. Todo mundo quer dizer pro crush e Ludmila disse pela gente”, elogia Guilermina Libanio, a Úrsula de “Malhação”.

 

Divulgacao

 

Sem categoria