25/08/2018

Dicas de como arrumar a mala perfeita para sua viagem

Dicas de como arrumar a mala perfeita para sua viagem

Arrumar uma mala de viagem não precisa ser um tormento

Quando falamos em viagem, todo mundo se anima. Porém, na hora de arrumar a mala, muitas pessoas acabam se perdendo e deixando para trás itens importantes. Pior ainda é quando tudo parece importante e no final das contas nada parece caber em um espaço tão pequeno.

Calma, não há motivo para pânico. Arrumar uma mala de viagem não precisa ser um tormento. Basta que você siga as nossas dicas e faça um check-list com os itens mais importantes. É fundamental levar em consideração o destino para onde você vai e quantidade de dias também.

Nesse artigo, separamos algumas dicas sobre como arrumar a mala perfeita para qualquer tipo de viagem. Você verá que depois de entender a lógica por trás de cada item colocado na mala tudo vai parecer mais simples e prático. Só não deixe para fazer as coisas na última hora.

1 – Pense no clima que vai encontrar

Vamos supor que você planeja passar uma semana em Paris. Dependendo da época do ano, pode ser que o clima esteja extremamente quente ou que esteja nevando. Porém, raramente vai acontecer de as duas situações ocorrerem na mesma semana.

Portanto, o primeiro passo é olhar a previsão do tempo para os dias em que você estará viajando. Se a previsão for de calor, não há porque colocar casacos pesados na mala. Se o tempo virar, um look é suficiente para dar conta do clima inesperado.

2 – Busque harmonia nas roupas

Saber como combinar uma roupa com outra é fundamental na hora de arrumar a mala. Ao invés de levar um casaco que só combina com uma determinada camisa, é melhor levar um casaco que combina com quatro ou cinco peças de roupa.

Quanto mais peças “coringa” você tiver na sua mala, menos roupas você precisará levar. Note que isso não significa levar poucas roupas, mas sim levar peças que sejam mais versáteis. Cores neutras e complementares são as mais indicadas.

arrumar a mala

3 – Duas partes de cima para uma de baixo

Seguindo os conselhos acima, você ainda pode adotar uma outra regra de ouro: leve duas partes de cima para cada uma de baixo. O que isso significa? Bem, é mais provável que você repita uma calça do que uma camiseta.

Se você pretende levar mais de uma calça, opte por modelos distintos, como uma mais clara e outra mais escura. O mesmo vale para saias e shorts. Assim, você ganha mais opções de variações e com poucas peças é capaz de compor looks para mais de uma semana.

4 – Cosméticos: o que levar?

Em uma viagem, não há necessidade de levar todos os cremes e cosméticos que você tem em casa. Aliás, produtos com embalagens grandes também não são indicados. O mais recomendado é separar um pouco do líquido em um potinho menor, algo suficiente para poucos dias.

Assim, itens como shampoo e condicionador, por exemplo, podem muito bem caber em um frasco pequeno, sem a necessidade de carregar embalagens maiores. Deixe para trás também o secador de cabelo, pois a maioria dos hotéis oferece esse item: basta solicitar na recepção.

5 – Como guardar as roupas

Agora que você já decidiu quais roupas vai levar é hora de saber como dispô-las dentro da mala de forma que ocupem menos espaço. Aquelas peças que não amassam podem ser guardadas em forma de rolinho. As meias podem ser guardadas dentro dos sapatos.

Distribuir peças de roupas menores em pequenos necessaires é mais interessante do que levar uma sacola grande. Isso fará com que elas fiquem mais organizadas e facilitem a sua vida na hora de procurar um item específico.

6 – Não encha a mala completamente

Quando você monta a sua mala é preciso que haja um espaço para adicionar mais itens, o que inclui roupas ou qualquer outra lembrancinha comprada no destino.

Lembre-se que o peso máximo por mala despachada é variável entre as companhias aéreas e de acordo com o destino. Contudo, tenha em mente o peso máximo de 23 quilos. Antes de sair de casa, pode ser uma boa ideia pesar a mala e ver se não haverá risco de excesso de peso.

7 – Atenção à segurança

Quando se trata da mala despachada, lembre-se que ela passará a maior parte do tempo longe de você. Por isso, não se esqueça de colocar um cadeado para fechá-la. Isso vai garantir que a sua mala não será violada por qualquer pessoa que tenha acesso a ela.

Apesar dessa proteção, evite despachar itens eletrônicos, como notebooks e tablets. Esses itens podem ser danificados durante o manuseio e apresentar problemas no desembarque que serão difíceis de serem resolvidos. Os itens mais valiosos devem sempre viajar com você.

8 – Redobre a atenção com os itens da mala de mão

Há uma série de regras estipuladas pelas companhias aéreas no que diz respeito aos itens que podem ser levados na bagagem de mão. Objetos cortantes, como tesouras e canivetes, por exemplo, devem ser despachados.

Há regras também para líquidos. Eles não podem ter mais do que 100 ml e devem estar acondicionados em embalagens transparentes. Isso vale, por exemplo, para perfumes. Optar por vidros menores é o caminho mais seguro.

Com informações Dufry