09/09/2019

Colli Books estreia com sucesso na Bienal do Rio

Colli Books estreia com sucesso na Bienal do RioPublicado em 9 set, 2019 - 11:04 por Jorgete Arante

A editora Colli Books está há apenas um ano na estrada, mas já mostra força no mercado. Cinco dos seus autores lançaram livros, na quarta-feira (4/9), na Bienal do Rio.

O evento teve sessão de autógrafos e oficina de artes, com a participação de alunos e professores das escolas municipais Leonor Posada (RJ) e Jansen Pereira de Melo (São João de Meriti).

Preservação das florestas

A autora Isa Colli lançou o livro “Vivene e Florine e suas descobertas na Amazônia”, que alerta para desmatamento. Isa fez um bate papo sobre os riscos das queimadas e expôs trabalhos que foram feitos por alunos de várias escolas sobre o tema. O problema, que tem ganhado as manchetes dos jornais nas últimas semanas, é abordado de maneira lúdica no livro.

A obra conta a história de duas abelhas que percebem uma área completamente devastada pelos humanos na floresta onde vivem. Preocupadas, partem rumo à Floresta Amazônica em busca da ajuda de animais especializados em reflorestamento. Lá, descobrem que a própria espécie está ameaçada de extinção.

Leia Também  Escritora Isa Colli lança novos livros infantis

“O desmatamento é uma ameaça aos recursos naturais, ao meio ambiente e ao equilíbrio ecológico do planeta. Por meio da saga das abelhinhas, eu provoco essa reflexão. Espero que as crianças tenham saído da Bienal com inspiração para multiplicar as boas ações”, diz Isa.

Mascote da Bienal

Tiago Vilariño, que aos 5 anos é o autor mais novo desta edição da Bienal, lançou, em parceria com sua mãe, a jornalista Tais Faccioli, o livro “O Menino que descobriu as cores”. Tiago conduziu uma oficina de artes em que as crianças pintaram o personagem principal do livro, Jorginho.

“É muito emocionante perceber que o Tiago é motivo de inspiração para as outras crianças da sua idade. Que elas se sintam estimuladas a criar suas próprias histórias”, afirmou Tais.

Leia Também  Prefeito de Bofete Dr. Dirceo lança livro na Bienal do RJ

A autora Anete Lacerda apresentou aos leitores o livro “E se fosse você?”, que aborda questões que costumam afetar muito o ambiente escolar: o bullying, o racismo e a gordofobia. Já a jornalista Claudia Cataldi autografou “O sol que queria tomar banho de lua”, que conta um dia diferente quando o sol decide tomar o lugar da lua e se forma uma grande confusão na vida de todo mundo. O título traz muitas curiosidades sobre os corpos celestes.

Os autores da Colli Books voltam à Bienal neste domingo, último dia do evento, para se despedir dos leitores.

 

 

Credito/Divulgação.