29/07/2019

Clara Valverde se joga no pop com “A gente faz”

Clara Valverde se joga no pop com “A gente faz”Publicado em 29 jul, 2019 - 18:58 por Daniel Outlander

Ela é doce e firme, assim como sua voz. Talentosa e determinada como uma boa capricorniana. Canta as dores e as curtições das formas contemporâneas de amar. Talvez ela já tenha te arrebatado com seu ” Samba do moço bonito” ou com “Baby, essa não é pra você” em alguma playlist do Spotify. Ou talvez você a conheça por algum dos seus vídeos no Youtube.

Seu nome é Clara Valverde, paulistana de 24 anos que debutou na indústria fonográfica ano passado com quatro faixas. Sua poesia simples, cotidiana e linhas melódicas interessantes fizeram com que suas canções se espalhassem. A primeira delas, já ultrapassa 1 milhão de plays no Spotify e o nome de Clara tem se consolidado cada vez mais como uma das grandes promessas da música nacional.

Suas referências começam pela MPB e Axé Music, passam por Britney Spears, Katy Perry, Rihanna e chegam em Céu, Silva e Rosalía. “Cresci numa casa onde eu e minha mãe ouvíamos muita coisa diferente. O som ia facilmente de Araketu a Enya”, lembra a cantora.

Clara vem mais pop no seu primeiro álbum completo, mas sem deixar de lado a brasilidade que enriquece sua música. Prova disso é o single ” A gente faz”, que Clara lança próximo dia 25 através da Ditto Music. Composta por ela em parceria com Marianna Eis, a canção foi produzida por Pedro Sarapicos e Josefe, que participa da faixa. O single joga Clara na pista. “Você pinta o sete, sei que as vezes me esquece, só que quando eu apareço, você volta a me querer”, diz um trecho.

“ ‘A gente faz’ é uma das principais faixas do disco e a que me mostra mais diferente de tudo que fiz até agora. É a mais dançante, mais pop. É a música certa pra chegar com o pé na porta mostrando o que está por vir”, revela a cantora. Um clipe dirigido por Stefano Loscalzo acompanha a faixa. Nele, Clara se apaixona, se entrega e se diverte com o entregador de pizza vivido por Josefe.

Sobre o álbum com previsão de lançamento para este ano a cantora adianta: “Acho que ele sai daquela carinha de Nova MPB e vai para um outro caminho com influências importantes para mim que ainda não tinha trazido para minhas músicas autorais”, diz. “Ele tem totalmente minha cara, afinal participo de todo processo desde as composições até as mixes”, antecipa.