09/01/2019

BBB19: conheça os participantes do Big Brother Brasil 2019

Saiba quais participantes vão disputar o prêmio de R$ 1,5 milhão

BBB19: conheça os participantes do Big Brother Brasil 2019Por: Redação RJ - EGOBrazil.com

A nova edição do Big Brother Brasil está prestes a começar e a Rede Globo já divulgou os nomes dos novos participantes. Na tarde desta quarta-feira (9), a emissora contou um pouco mais dos brothers  durante a programação.

Em 2019, o reality show começará no dia 15 de janeiro e vai entregar o prêmio de R$ 1,5 milhão. As seletivas dos participantes aconteceram em 12 cidades brasileiras. A atração é comanda por Tiago Leifert e direção geral de Rodrigo Dourado.

Alan

26 anos, Criciúma, Santa Catarina, microempreendedor. Ele disse que valoriza a família, tem cachorros, gosta de surfar.

“Eu sou bem tranquilo, mas sou capaz de explodir. De vez em quando eu choro, quando falam da minha família. Vou tentar jogar sozinho, mas se chegar até a final posso mudar a estratégia. Estou sentido um pouco a falta de ar, de sair na rua. Vou sentir muita saudade da minha mãe”, disse ele em conversa com Ana Clara.

Mora com a mãe e a irmã e é considerado por ambas seu anjo da guarda. “Eu dei trabalho quando era adolescente, mas aí criei juízo e vi que família é tudo”. Se considera um cara equilibrado, amoroso, atencioso e acredita muito no poder da energia. Diz ainda que é autoconfiante e que isso é, ao mesmo tempo, sua qualidade e seu maior defeito.

Começou a surfar há quatro anos. Está solteiro, adora uma festa e afirma que já foi mais baladeiro durante a adolescência, mas que agora está em uma fase mais tranquila. “Sou mais do esporte que da noite”

Carolina

33 anos. Baiana, publicitária e empresária, dona, junto com a irmã, de uma agência de viagens e de um brechó.

Comunicativa e alegre, diz que tem personalidade forte e pavio curto, mas também se considera verdadeira e amiga. Tem um leve mau-humor matinal, se irrita com lerdeza e não costuma levar desaforo para casa. “Tento trabalhar minha impaciência na terapia”.

“Acho que a galera vai gostar da minha autenticidade, do meu jeito verdadeiro de ser. Eu tenho alguns pensamentos, acho que jogar junto é bem legal, acho que vou ter um grupo lá. Eu estou sentindo falta do sol batendo no meu rosto. Eu sentir muita falta de praia, de um belo banho de mar. Quando eu entrar, vou querer juntar a galera, chegar conhecendo.

Danrley

19 anos. Nasceu e cresceu em uma comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro. Faz o curso de Biologia na UFRJ, vende picolés na praia e dá aulas particulares de física.

Ele não perde uma boa balada e ama baile funk. “Já aviso aos meus amigos: se for pra não passar vergonha eu nem vou às festas”.

“Eu sou muito alegre. Acho que no começo eu vou tentar me juntar com o pessoal, mas não quero fazer jogo, jogo, nada de panelinhas. Mas chega uma hora que você tem que entrar no jogo sério, até para se salvar. Vou sentir falta da família, não sinto muita falta do celular, não sou muito apegado”.

Diego

30 anos. Curitiba, no Paraná, mas é natural de Rio Negrinho, município de Santa Catarina. Empresário e criador de cavalos.

Participa de rodeios no sul do Brasil na modalidade Laço Comprido e já foi campeão Nacional. “Cavalo é uma paixão que vem desde criança, mas também um negócio de família”. Se considera um pouco autoritário, teimoso, diz que não muda de personalidade para agradar os outros, mas garante que é verdadeiro e preza os valores familiares

“Eu sou um cara muito simples, boa praça. Mas se brigar comigo, vai ter briga, hein. Eu vou tentar me unir com a maioria do pessoal e ver com quem eu me identifico. Mas vou votar em quem eu acho. Já estou sentindo muita saudade da minha família, não é fácil ficar confinado em um quarto”.

Elana
25 anos. Bom Jesus, Piauí. Engenheira agrônoma, sonha em cursar medicina.

Saiu de casa aos 14, com o irmão, porque conseguiu uma bolsa de estudos em escola particular em uma cidade vizinha à que vivia com sua família.

Focada, conta que a vida a fez amadurecer, enfrentar o mundo, e crescer sabendo o que quer para o futuro. Persistente, Elana diz que tem opinião para tudo e personalidade forte. “Tenho garra e sou daquelas mulheres que não abaixam a cabeça”.

“Eu sou muito animada, adoro dançar. Isso vai contagiar as pessoas dentro da casa. Eu acredito que, por enquanto, vou jogar sozinha. Já estou sentindo muita falta do celular”.

Fábio

27 anos. Profissional de Educação física e atleta de MMA. Porto Alegre.

Luta desde os quatro anos e tem alguns títulos: tricampeão Mundial de Jiu-Jitsu, bicampeão Pan-Americano, bicampeão Europeu e, atualmente, campeão Brasileiro.

Mora com seis outros lutadores e brinca que parece até um tipo de BBB: “Durmo no tatame, sou vigiado por câmeras e o mestre está sempre de olho. Nossa convivência é boa, porque são pessoas com o mesmo foco, então nos ajudamos muito”.

Namorador, diz que os relacionamentos não duram porque está muito focado na profissão. “Mas sou um cara que gosta muito do lance da sedução, de dançar. Isso me atrai e fica difícil segurar”.

“Eu vou tentar fazer o maior número de amizades lá dentro”.

Ele até fez uma promessa para entrar no BBB: “Primeiro eu tenho que fazer uma promessa né, entrar de bananeira. Eu prometi para tod mundo, se eu entrasse, eu prometi para o meu pai e minha mãe ‘Se eu entrar, eu vou ter que entrar de bananeira’, e depois eu vou pular na piscina”. 

Gabriela

32 anos, nasceu em São Paulo mas mora em Ribeirão Preto. Artista plástica e produtora audiovisual, trabalha com design gráfico.

Tem uma banda com quatro amigas e toca percussão. Ela também dá oficinas de artes para crianças.

Ainda bebê foi adotada por uma família e hoje seu núcleo familiar é formado por ela, a irmã e a mãe.

Leia Tambem  Paulo Gustavo comemora sucesso do novo filme

Gabriela entrou no reality show para ganhar o prêmio e ajudar sua família. “Sou uma garota que batalhou muito e que vai continuar batalhando muito nessa vida”.

Gustavo

37 anos. Médico Oftalmologista. São Paulo.

Aos 24 anos, ele foi diagnosticado com uma grave doença que praticamente o fez perder a visão de ambos os olhos. Um ano mais tarde, conseguiu fazer um transplante de córneas.

É vaidoso assumido! Usa lentes nos dentes e também usa palmilhas nos sapatos para ficar mais alto.

“Eu sou um cara brincalhão, carismático e isso vai conquistar o Brasil inteiro. Eu sou muito de agir com o coração e as coisas vão acontecer dentro da casa, é difícil pensar em um jogo, vou agir naturalmente”.

Se tivesse que escolher entre uma namorada ou o programa, ele não hesita: “Namoro o programa há anos e nenhuma mulher me tiraria esse foco. O Big Brother Brasil é a minha prioridade e estou aqui para me desafiar”.

Hana

22 anos. Youtuber e ativista. Rio de Janeiro.

Tem um canal com vídeos sobre veganismo, feminismo e tabus. Seu primeiro vídeo alcançou 9 milhões de visualizações.

Se considera ansiosa, desorganizada, extremamente ciumenta e possessiva com quem ama. “Sou intensa, explosiva e não consigo disfarçar quando sou contrariada”

“Eu já namorei 500 vezes, na verdade foram só quatro”, afirmou ela, que já prometeu agitar a casa. “Eu sou uma perita nos assuntos. Eu sei trabalhar em equipe, por mais que eu tenha meus defeitos, eu sei trabalhar em equipe”.

Hariany

21 anos. Estudante de Design de Moda. Senador Canedo, Goiás.

Suas principais características são ser engraçada, divertida, animada e está sempre sorrindo.

Diz que, por ter vindo de uma origem humilde, não tem nenhum tipo de preconceito, nem com pessoas, nem com situações. “Não tem como não gostar de mim, todo mundo gosta. Sou gente boa demais. Sou da zoeira”.

Isabella

24 anos. Miss Natal e Miss Rio Grande do Norte. Sonha em cursar medicina.

Com dupla nacionalidade, foi alfabetizada em italiano e, pelo menos uma vez por ano volta à Itália para encontrar a família.

Ela se considera hiperativa, explosiva, sincera, engraçada, meio estabanada e espontânea. “Quem convive comigo sabe que sou uma pessoa paciente. Gosto de resolver mal-entendidos, mas odeio ser acusada de coisas que não fiz”

Maycon

27 anos. Nasceu em Minas Gerais, mas mora em São Paulo. Vende queijos produzidos em sua cidade natal, Piumhi, e, nos fins de semana, trabalha como barman em uma casa de shows sertaneja.

Diz que é alegre, espontâneo, determinado, bem-humorado e competitivo. Ele contou ainda que, quando entra numa competição, seu objetivo é sempre vencer.

O mineiro se diz mulherengo, conta que já namorou sério algumas vezes. “Mas só apresentei três para a minha mãe”. Sua maior motivação para entrar no BBB é o dinheiro do prêmio: “quero ajudar minha mãe a parar de trabalhar como doméstica e comprar uma casa para ela”.

Paula

28 anos. Lagoa Santa, Minas Gerais. Bacharel em Direito.

Ela mora em um sítio e tem uma porca Felipa, apelidada de Pipa. O “bicho de estimação” de 150 quilos é tratado luxuosamente por ela desde o primeiro dia de vida, com direito a mamadeira e até a dormir junto na cama, quando era filhote.

Diz que é meiga, calma e sincera. Ela não gosta muito de baladas, mas se vai, se joga.

Rízia

24 anos. São Miguel dos Campos, Alagoas. Jornalista.

Ela adora fazer palhaçada e tem o dom de aproximar as pessoas, mas quando cisma, “pega ranço na hora”.

“Sou o bicho de manhã. Mas depois do meio-dia, viro gente”.

Ela diz que é uma lutadora contra o padrão de beleza do corpo perfeito e revela que sua autoestima depende da fome: quando está alimentada, se acha linda.

Rodrigo

40 anos. Rio de Janeiro. Formado em Ciências Sociais e trabalha com artes visuais.

Ele é trigêmeo e tem uma forte relação com a família. “Minha família é do samba. Numa festa, não vou querer ouvir Mozart, né? Vai ser funk. Vai ser sertanejo”.

Competitivo, conta que fará o que estiver ao seu alcance para chegar à final. “Apesar de ter vários projetos em andamento, entrarei no BBB despreocupado, porque considero a minha equipe de trabalho uma família onde todos estão habilitados a tocar seus projetos”, afirma.

Tereza

52 anos. Arcoverde, Pernambuco.

Ela já foi casada seis vezes, sendo que uma delas foi com uma mulher. “Foi o relacionamento mais tranquilo que eu tive, com muito apoio. Eu nunca disse para ninguém da família que ela era minha companheira, mas todo mundo sabia”.

Solteira, tem dois filhos, Davys, 34 anos, e David, 31 anos. O filho caçula já se inscreveu em algumas edições do BBB e ela só começou a tentar também em 2016.

Vanderson

35 anos. Rio Branco, Acre. Biólogo e coordenador educacional indígena.

“Eu sou muito sossegado, apaziguador, o cara da harmonia.”

Faz doutorado na Universidade Nacional de Rosário, em Buenos Aires.

Ele adora crochê. “Para não ficar parado e me distrair, quis aprender a fazer nerdigurumi (bonequinhos de crochê). Virou vício”.

Vinicius

40 anos. Nasceu em São Paulo e vive em Belo Horizonte, Minas Gerais. Artista plástico e publicitário.

Tem uma filha, Clara, de 22 anos.

Ele ainda mora com os pais. “Acho maravilhoso e nem tenho vontade de sair de casa. A maioria do povo hoje tem necessidade. Eu não tenho nenhuma, tudo que eu amo está aqui”.

Gosta de baladas eletrônicas e sempre vai com a filha, que é DJ.

Tem facilidade em se relacionar com as pessoas e costuma dizer que consegue ficar íntimo em cinco minutos.

 

Foto:Globo/Sergio Zalis

%d blogueiros gostam disto: