Babu Santana acusa brothers de gordofobia na prova do líder


‘Ninguém olhou pra mim’

Babu Santana acusa brothers de gordofobia na prova do líderPublicado por Redação BR em 7 fev, 2020 - 9:59 - TVGlobo

acusou os participantes do BBB20 de serem gordofóbicos na escolha das duplas para a prova do líder na noite de quinta (7). O ator disputou a liderança ao lado de Victor. Eles foram os terceiros a saírem ao serem desclassificados. “Os gordinhos ninguém olhou”, disse Babu assim que entrou na casa. “Só quem sofre, sente. Já que estão falando feminismo, racismo, vamos falar de gordofobia”, disparou ele.

Na madrugada, enquanto ainda acontecia a prova, o intérprete de Tim Maia (1942-1998) teve uma conversa em tom de desabafo com Marcela Mc Gowan, Gizelly Bicalho e Rafa Kalimann na área externa. “Ninguém percebeu que nem olharam para a gente. Eu fiquei só observando”, disse o ator, se referindo também ao psicólogo.

As meninas tentaram explicar que escolheram as duplas por uma questão de afinidade. “A resposta de um ato de preconceito é se justificar: ‘eu tenho um amigo gordo'”, rebateu Babu, que voltou ao ponto de nenhum dos outros 12 borthers terem olhado para ele ou para Victor Hugo.

“Eu concordo, já passei por isso também”, disse o psicólogo, que em seguida acrescentou um “mas”, deixando Babu irritado. “Para de ficar em cima do muro! Não quero ouvir”, esbravejou o ator. Porém, o maranhense continuou: “É que assim, algumas pessoas já tinham combinado, e outras estavam do lado. Não tem como afirmar que foi gordofobia”.

“Estava todo mundo pensando que era de resistência. De fato, estar com a gente seria uma desvantagem”, afirmou Santana. As garotas, no entanto, continuaram negando preconceito. “Eu pensei que era para ficar dentro de um carro”, confessou Thelma Assis, que chegou no meio da conversa.

Disputa pela liderança

A prova foi vencida por Guilherme Napolitano e Gabi Martins após pouco mais de quatro horas de duração. A liderança não será compartilhada, e eles deverão escolher quem ficará com todas as regalias, inclusive a imunidade.

Felipe Prior, Hadson Nery e Lucas Gallina foram vetados da disputa por Guilherme. Eles preferiram acreditar que era uma estratégia, por se julgarem mais fortes que os outros que participaram. O ex-jogador de futebol ainda disse que era hipocrisia terem escolhido dois gordos porque seriam “mais fracos”. “Cadê a sensatez humana?”, resmungou Hadson.