Ator e Diretor Ronan Horta em Cartagena


Discute nova forma de fazer cinema independente

Ator e Diretor Ronan Horta em CartagenaPublicado por Cristina Aguilera em 16 mar, 2020 - 12:45 / Creditos

O ator e diretor foi convidado pelo Festival Internacional de Cinema de Cartagena ( FICCI Colômbia).

Criado em 1960, o Festival (FICCI) é  um dos eventos cinematográficos mais antigos da  América Latina.

O FICCI 2020 abriu a edição na noite da última quarta-feira (11).

Mas a programação do Festival cancelou a continuidade do evento por conta da propagação do Covid-19 no país.

“No entanto, como todos os diretores e cineastas já estavam em Cartagena, convertemos isso em reuniões e prospecção de novas ideais e projetos”, explicou  Ronan Horta.

Nova forma de fazer cinema:

O diretor havia sido convidado pelo Festival (FICCI)  para falar sobre uma nova forma de fazer cinema.

Horta usa recursos orgânicos e o coletivo criativo, sem depender de leis de incentivo e grandes patrocínios.

Ronan realizou dois projetos nesse formato que tiverem destaque em Festivais.

Os projetos se tornaram “case” de uma nova forma de se fazer .

Ronan dirigiu o documentário “”, sobre sustentabilidade que registrou a maior ação de limpeza de praias do mundo.

Além desse projeto, o longa  “ ”, também foi selecionado como “case” no Festival.

Nele Horta atuou e fez a produção executiva junto a colegas empreendedores.

De acordo com Ronan “Trabalhar no coletivo de forma orgânica e criativa, independente de patrocínio ou leis de incentivo, é sair de uma zona de conforto.

Arregaçar as mangas e fazer cinema por um propósito tão forte que tudo conspira. É uma aventura, mas vale muito a pena”.

Sobre Ronan Horta:

Trabalhou como ator na TV Globo em novelas e seriados como A Força do Querer, Liberdade LIberdade, Verdades Secretas, , , Insensato Coração, Caminho da índias, Ciranda de Pedra, , , , entre outros.

Na Rede Record viveu o personagem Rei Jafia na novela “A Terra Prometida”.

No teatro esteve ao lado de Suely Franco e Bemvindo Sequeira na peça de Chico Anysio “ Há um Homem em Minha Casa”.

Seu último trabalho foi no clássico “ Por Falta de Roupa Nova Passei o Ferro na Velha”.

Site: https://www.ronanhortaoficial.com/

Instagram: @ronanhorta

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do EGOBrazil