Artistas se manifestam contra corte de gastos na educação no Brasil

Após o Ministério da Educação anunciar um congelamento orçamentário, Monica Iozzi, Silva, Lulu Santos, Nathalia Dill, entre outros, se manifestaram contra a medida

               Artistas se manifestam contra corte de gastos na educação no BrasilPublicado, 15 maio, 2019 - 13:29 por Redação BR

Nesta quinta-feira, 15, artistas como Monica Iozzi, Silva, Lulu Santos, Nathalia Dill, Alice Wegmann, Daniela Mercury, entre outros artistas, se manifestaram contra uma reforma administrada pelo governo de Jair Bolsonaro.

Com atos em todo país, parte da população não concorda com o MEC (Ministério da Educação), que anunciou um congelamento orçamentário que atinge recursos desde a educação infantil até a pós-graduação, com suspensão de bolsas de pesquisa oferecidas pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

Nas universidades federais, o bloqueio anunciado foi de 30% dos recursos destinados a gastos discricionários (como água, luz e serviços de manutenção).

“Entre educação e qualquer outra coisa, eu fico com a educação”, disse Lulu Santos em um vídeo, repostado por Caetano Veloso.

Leia Também  Claudia Raia discute com Boninho no ‘Show dos Famosos’

Já, Nathalia Dill afirmou: “Educação não é gasto! É investimento!”.

Com uma arte que diz “Educação é liberdade”, Paolla Oliveira também deu o seu recado. “A educação é o primeiro passo pra uma sociedade mais igualitária!”, escreveu ela.

Débora Falabella fez questão de chamar a população para protestar a favor da educação.

Confira outros depoimentos:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Instagram / Reprodução