Andressa Bronze explica como adquirir aquele bronzeado natural



Andressa Bronze explica como adquirir aquele bronzeado naturalPublicado por Newma Santiago em 22 out, 2019 - 16:17 - Divulgação / Elaine Ximenes Assessoria

Conseguir aquela marquinha de biquíni perfeita só era possível na praia. Hoje em dia, as Queimadense também conseguem o bronzeado perfeito sem sair da cidade e, o melhor de tudo: é natural!

Para ficar com o bronzeado natural nada mais é do que ficar exposta ao sol durante certo período de tempo. Parece simples, mas o bronze e a marca perfeita são possíveis graças à Andressa bronzeadora e ao biquíni de fita.

E esse tipo de bronzeamento exige muita técnica e conhecimento, para saber o horário de exposição para cada tipo de pele e até o design do biquíni, feito de acordo com o biotipo de cada pessoa.

Quem esclarece mais sobre a profissão é a empresária Queimadense , Andressa Bronze. “Eu sou uma personal bronzer; eu cuido do bronzeamento. A cliente vai deitar e não vai se preocupar com nada. Eu estou aqui pra cuidar dela, orientar sobre o tempo de exposição para cada tipo de pele, sobre as posições para queimar por igual e deixar a marca definida”, conta.

Bronzeamento Natural

Antes de ficar estirada ao sol, alguns procedimentos são necessários. Primeiro, a fita será aplicada no formato do biquíni desejado, ela é quem dará o destaque para a marca, já que é o único material que oculta totalmente a entrada da luz.

Leia Também  Shayene Cesário participa de ensaio fotográfico para sua griffe

Depois será passada uma parafina bronzeadora, produto de uso profissional e autorizado pela Anvisa. Ela é usada para ativar o bronzeamento. Finalizados esses processos, é hora de relaxar.

“As clientes deitam nas camas, nós deixamos a música tocando e também oferecemos um suco com beterraba e cenoura, que ajuda a bronzear de dentro pra fora. Todo mundo começa a conversar e é um encontro para as amigas, para rir, bater-papo e ainda sair bronzeada”, conta Andressa.

Benefícios de dentro pra fora

O bronzeamento virou moda entre as Queimadenses, tanto que Andressa conta que atende, em média, 100 clientes por semana. O alto número de pessoas que aderiram à técnica é resultado dos inúmeros benefícios que o sol traz ao corpo e à autoestima.

A exposição ao sol é imprescindível para a saúde, já que ela incentiva a produção de vitamina D, responsável por aumentar os níveis de cálcio e prevenir doenças como a depressão. Além disso, a personal bronzer aponta o empoderamento como um ponto positivo do bronzeamento.

“Eu acredito que o bronze envolve a questão do empoderamento, de você poder se amar e amar o seu corpo. Eu sou apaixonada, vejo que é uma técnica libertadora, de você se olhar no espelho e se sentir bonita, desejada, amada”, relata.
Melhores horários para o bronze

Leia Também  Atores do filme D.P.A causam alvoroço em pré estréia no RJ

Todo cuidado é pouco quando se trata do assunto, já que ficar durante muito tempo exposto ao sol em alguns períodos do dia pode causar queimaduras e até câncer de pele.

Por isso, o bronzeamento natural é realizado apenas durante a manhã e o tempo de exposição varia para cada tipo de pele. No verão, o primeiro horário de sol é a partir das 9h, mas também é possível se bronzear em dias quentes, mesmo quando não há sol.
“O período da manhã é o único horário que bronzeia e não tem risco. Cada tipo de pele precisa um determinado tempo e, além disso, respeitamos a pausa de três a sete dias, para não dar queimadura e a região não ficar vermelha”, explica Andressa .

Para quem nunca fez o bronzeamento natural, é indicado no mínimo três sessões; desta forma, o bronzeado fica mais definida e dura de quatro a seis meses.