André Souza explica as diferenças entre Tarot e astrologia


O jovem é o queridinho de celebridades que consultam com ele seu mapa astral e pedem conselhos das cartas.

André Souza explica as diferenças entre Tarot e astrologiaPublicado por Leonardo Almeida em 22 jan, 2020 - 21:36 - Foto Divulgação

O mundo da astrologia e do misticismo sempre fascinou e intrigou até os mais céticos. Há aqueles que acreditam fielmente e não começam o dia sem um conselho das cartas ou dos signos, e tem pessoas que não acreditam em nenhuma dessas previsões, e ainda criticam quem vive isso na prática.

Uma coisa é fato, esse assunto vai estar sempre em pauta nas conversas de família ou roda de amigos. Para entender melhor como funcionam os astros e o tarot, e desmitificar algumas coisas, entrevistamos o astrólogo André Souza, que falou sobre sua atuação na área e nos tirou algumas dúvidas sobre como funcionam as previsões..

 

EgoBrazil – Como você conheceu e iniciou sua trajetória no mundo da astrologia?

André Souza – Eu nunca acreditei na astrologia pois venho de uma família muito religiosa e cética porém sempre fui uma pessoa que muita curiosa e não julgo nada sem conhecer antes, com 14 anos decidi pagar uma aula online  com um professor particular e desde então estou estudando até hoje.

EgoBrazil – Você já sentiu alguma dificuldade por ser jovem e estar atuando nessa área?

André Souza – Na realidade não, meus clientes e seguidores me apoiam muito por ser novo e me interessar por assuntos que só pessoas bem mais velhas atuam geralmente.

EgoBrazil – Como funcionam as previsões astrológicas?

André Souza – As previsões na astrologia se baseiam em cálculos, então através de softwares conseguimos projetar os aspectos do céu que queremos saber em uma data definida e a partir disso com o conhecimento astrológico conseguimos traduzir isso para as pessoas.

 

EgoBrazil – Como se explica duas pessoas serem de um mesmo signo, mas serem completamente diferentes em suas atitudes e maneira de ser?

André Souza – Muitos acreditam que possuem apenas um signo, porém temos 12 signos, 12 casas astrológicas, planetas e aspectos… então as vezes a pessoas do mesmo signo tem apenas uma coisa em comum e o resto totalmente diferente.

EgoBrazil – Você além de astrólogo também é tarólogo. Você consegue nos explicar a diferença dos dois? Eles têm alguma ligação?

André Souza – Sempre digo que o mapa astral é uma ferramenta excelente para autoconhecimento e entendermos a nossa personalidade e vocações. A Astrologia nos dá essa possibilidade de entendermos a energia que captamos do Universo quando nascemos e como podemos usá-la ao nosso favor.

O tarot é um ótimo guia para conselhos do momentos e não possuem vínculos porém alguns profissionais gostam de usar os dois juntos, seus arquétipos nos ajudam a trazer informações que estão no nosso inconsciente para o consciente pois ele consegue captar a energia do cliente sem bloqueios, podemos acessar tudo isso e ver como está a energia do cliente e o que a sabedoria das cartas têm para nos aconselhar.

EgoBrazil – Como você acha que deve se explicar a astrologia para pessoas que ainda não acreditam?

André Souza – Acho que deve apenas ser respeitada e deixar claro que ninguém precisa acreditar, mas assim como eu poderiam tentar ao menos estudar ela de forma profissional sem julgar antes, a astrologia tem valor cultural milenar e não é sua função não invadir áreas cientificas por exemplo.

Artigos Relacionados