Alok abre palco principal do Rock in Rio com show


DJ mais conhecido do Brasil, ele mostrou hits que venceram barreira do nicho eletrônico, mas deixou de fora parcerias com sertanejos. Bom moço e em momento ‘família’, também pediu desculpa por palavrão.

Alok abre palco principal do Rock in Rio com showPublicado por Redação BR em 27 set, 2019 - 20:29 - Foto: Assessoria Rock in Rio

No ano em que estreia um espaço dedicado à música eletrônica, o Rock in Rio 2019 escalou um artista do gênero para abrir seu palco principal, na noite desta sexta-feira (27).

Alok, DJ mais conhecido do Brasil com alcance também internacional, conseguiu vencer as barreiras do nicho com batidas melódicas e letras em inglês de trânsito fácil nas rádios, como no hit “Hear me now”, recebido num mar de celulares para o alto na plateia.

No set, ele mescla o repertório próprio com remixes de astros internacionais. Incluiu, por exemplo, Rihanna e Lil Nas X (jovem astro do rap, que recentemente bateu recorde na liderança do ranking da “Billboard” americana)

Ficou de fora, no entanto, outra parte expressiva de sua produção: as parcerias com nomes do sertanejo, ainda mais populares que ele. Músicas como “Paga de solteiro feliz”, com Simone e Simaria, e “Próximo amor”, com Luan Santana, não apareceram no setlist.

Em um espaço que não é voltado necessariamente aos fãs de música eletrônica, talvez essas tivessem animado mais a plateia, dispersa em boa parte do tempo.

Um dos momentos de maior empolgação foi justamente quando apareceram os versos em português do “Rap da felicidade”, de Cidinho e Doca (também atrações do Rock in Rio, mas no Espaço Favela, em 5 de outubro).

Coach

Não faltou empenho do DJ, que investe pesado em recursos visuais e se conecta com o público com artifícios à la coach motivacional.

“Há quanto tempo você não olha para a natureza, para o céu, para as pessoas?”, perguntou, em um texto de abertura.

Lá para o meio do show, pediu luzes do palco apagadas e celulares dos fãs subindo e descendo, com lanternas acesas. No fim, pediu que o público se unisse num abraço coletivo.

Em outro momento, pediu: “Vamos seguir o caminho do amor porque nele a gente encontra a felicidade. Vocês sabem muito bem o que não é amor: violência, preconceito, intolerância, guerras. Exclui tudo isso e o que sobra é o amor”.

A fala antecedeu gritos contrários ao presidente Jair Bolsonaro na plateia.

Depois, o DJ convidou o cantor israelense Iro para apresentar a romântica “Table for 2”, lançada nesta sexta e que será promovida em um clipe com a participação de sua mulher, Romana Novais, que está grávida de cinco meses.

Alok já faz o estilo bom moço. E ainda está num momento “família”. No momento mais rebelde de sua participação no Rock in Rio, fez um elogio desbocado ao público. “Me desculpa o palavrão, mas vocês são f*.”

Foto: Assessoria Rock in Rio