Abdias Nascimento será enredo 2020 da Mocidade Unida da Mooca



Abdias Nascimento será enredo 2020 da Mocidade Unida da MoocaPublicado por Redação SP em 24 maio, 2019 - 7:00 -

Mocidade Unida da Mooca – MuM, escola de samba pertencente ao grupo de Acesso do carnaval de São Paulo, tem a honra de anunciar que no desfile de 2020, fará uma grande homenagem a Abdias Nascimento com o enredo A Ópera Negra de Abdias Nascimento, que será desenvolvido pelo carnavalesco André Rodrigues.

Considerado um dos maiores ativistas negros da história do Brasil, Abdias foi poeta, ator, escritor, dramaturgo, artista plástico, professor universitário, político e a principal voz brasileira  na defesa dos direitos civis e humanos das populações afrodescendentes no século XX.

“Teremos um enredo autoral, cultural e de extrema importância. Não abro mão que nossa escola cumpra seu papel de promover conhecimento e cultura. Agradeço ao André por mais uma vez acertar a mão, será emocionante”, comemorou o presidente Rafael Falanga.

O carnavalesco André Rodrigues, que nesta temporada retornou para a escola para MuM, explica que o contexto atual do Brasil ajudou na escolha do tema. “Este enredo é extremamente necessário para o momento que vivemos, na verdade, ele sempre foi necessário e precisa estar vivo em nossos discursos. Nossa história precisa de referências reais, precisamos exaltá-las, e a escola de samba tem papel fundamental nessa construção, somos redutos de resistência da memória do Brasil real”, explicou.

Leia Também  Carnavalesca Rosa Magalhães vira enredo no Carnaval Carioca

A escola escolha do dia 23 de maio para o lançamento do enredo foi proposital, pois completam exatos cinco anos da morte de Abdias. O vídeo divulgado nas redes sociais da entidade contou com depoimentos de diversas personalidades, entre eles, Flávia Oliveira (jornalista), Ruth de Sousa (atriz), Zezé Motta (atriz e cantora), Leci Brandão (cantora e Deputada), Aílton Graça (ator), Milton Cunha (Pós doutor, comentarista e cenógrafo), Danielle Ornellas (atriz), Elisa Larkin Nascimento (viúva de Abdias e presidente do Instituto IpeAfro), Isabel Filardis (atriz), entre outros.

Leia Também  Escola de Samba MuM apresenta novo carnavalesco para 2019

“Queremos que a nossa comunidade, os sambistas e simpatizantes da nossa escola, pesquisem e conheçam a história desse grande brasileiro chamado Abdias Nascimento, e que passe esse conhecimento pra frente. É muito importante que o legado deixado por Abdias alcance cada vez mais pessoas”, finalizou Falanga.

Sobre a MUM

A Mocidade Unida da Mooca foi fundada no dia 18 de março de 1987 e surgiu a partir do Bloco Solta Franga, que desfilava pelas ruas da Mooca no período do carnaval. Com as cores Verde, branco e vermelho, a MUM se tornou uma das paixões do bairro da Mooca, um dos mais tradicionais da cidade e com forte ligação com a colônia italiana. Atualmente a entidade é presidida por Rafael Falanga e desfila pelo grupo de Acesso do carnaval paulistano.

Logo do enredo 2020 da Mocidade Unida da Mooca

Logo do enredo 2020 da Mocidade Unida da Mooca