02/10/2018

A 23a Parada do Orgulho LGBTI do RJ atinge novos recordes

A 23a Parada do Orgulho LGBTI do RJ atinge novos recordes

A 23a Parada do Orgulho LGBTI do RJ, organizada pelo Grupo Arco-Iris, aconteceu no último domingo, 30/9, em Copacabana, na Av Atlântica sob o sol de 40 graus e contou mais uma vez com a participação do produtor artístico Sandro Souza. A novidade este ano foi a vinda do Marcos Salomão para completar o time. A dupla foi responsável pela vinda de várias atrações, entre elas: Lexa, Luisa Sonza, Mc Pocahontas, Pepita, as drags do Armário de Saia, Clau, o trio Donas, Lorena Simpson, Funtastic, Lary, Gabily, Ananda, dona do hit “Quero que tu vá”, entre outrxs. As festas Chá da Alice e Treta fizeram parte da nova estratégia para animar a avenida.

“Foi uma pena a Wanessa ter sofrido com dores na região cervical na noite anterior e não ter podido embarcar para o Rio. Ela era uma das boas surpresas para o Rio este ano. Nem acreditei quando soube da notícia logo pela manhã. Sou muito agradecido a Lexa por ter mudado toda a agenda dela e assumido o trio do Chá da Alice quando soube da notícia. Este ano foi muito especial. Contamos com as mais de dez atrações em prol do evento. Todxs abriram mão do cachê e vieram levantar a bandeira que luta contra todo tipo de preconceito”, comenta Sandro.

O Grand Mercure Rio de Janeiro Copacabana e Rio Othon Palace foram os hotéis parceiros que receberam todos esses artistas sem cobrança de diárias.

“Ter as redes de hotéis como parcerias é sempre muito importante. Sem eles não teria como abrigar todos esses artistas no dia do evento”

O evento na praia de Copacabana contou com mais de 800 mil pessoas. Os produtores Caian Rangel e Helio Lobato foram os responsáveis pela logística das artistas e o DJ Garrido por soltar o play no trio oficial na apresentação.

Almir França, Julio Moreira, Claudio Nascimento e Marcelle Esteves são incansáveis. Acompanho de perto a trabalheira que dá levar a @paradalgbtirio para rua. Não é fácil fazer o terceiro maior evento da cidade sem patrocínio e apoio da prefeitura” complementa.

Sandro Souza (@blogueiropositivo) é blogueiro e relata a sua experiência como soropositivo indetectável no endereço eletrônico www.blogueiropositivo.com.

 

Assessoria de imprensa / Sandro Souza

Este slideshow necessita de JavaScript.