Chegou a hora! Nesta quinta-feira, às 20h, no Theatro Bangu Shopping, o cantor e compositor Paulinho Mocidade lança “Como é Bom”, seu sétimo CD de carreira. O intérprete, nascido e criado na Zona Oeste, convidou para tocar com ele a Bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel, escola pela qual ficou conhecido do grande público, ao conquistar o bicampeonato do carnaval em 1990 e 1991. O show terá ainda as participações especiais do instrumentista Paulinho Trompete e do cantor e compositor Luiz Ayrão. A jovem Rê Negrão abre a noite de celebração. 

A escolha do Theatro Bangu Shopping para marcar a nova fase da carreira não aconteceu por acaso:

“Eu vou cantar no quintal da minha casa, sou nascido aqui e moro pertinho até hoje. As pessoas me cobram nas ruas que faço poucos shows na região. Então nada mais justo do que fazer esse lançamento em Bangu”, explica o músico, que completou com uma declaração de amor ao bairro onde jogou bola pelas ruas e sonhou ser craque de futebol antes mesmo de virar cantor.

“Bangu não é um bairro, é uma cidade. Somos 200 mil moradores. É um celeiro de bambas, na música, no esporte, de empresários. Daqui saíram nomes como o craque Domingos da Guia; o genial músico Hermeto Pascoal, que mora aqui até hoje; e o Paulinho Trompete, que já tocou pelo mundo todo e nos orgulha muito de estar com a gente no show”

Famoso pelos sambas-enredo que puxou na Marquês de Sapucaí, em seu novo trabalho, Paulinho Mocidade vai mostrar mais o seu lado compositor. O repertório do CD e do show é predominantemente autoral e terá sambas tradicionais e românticos. Mas a paixão pela Verde e Branco que lhe dá o nome artístico, evidentemente, não ficará de fora. Em “Papo de Avenida”, de Serginho Meriti e Claudinho Guimarães, Paulinho faz uma declaração de amor à Mocidade. 

Em parceria com o autor Paulinho Rezende, “Ponto de Crochê” dá o tom romântico, assim como a faixa-título “Como é Bom”, dos compositores Afrânio e Oswaldo Melo. “No Lugar do Prazer”, em parceria com Leo Perez e Flavinho Bento; “Segue na Fé”, com Leo Perez; e a parceria com o poeta baiano Nelson Rufino, em “Ponto Final”, seguem a linha do samba suave e romântico. 

O show de lançamento do CD “ Como é bom” é produzido pela Bela Oeste. Os ingressos custam a partir de R$20 e podem ser comprados pelo site www.ingressorapido.com.br ou na bilheteria do Theatro Bangu Shopping, que fica na Rua Fonseca, 240.

 

Rodrigo Mandarini/ Divulgacao