O espetáculo musical, que traz direção de Rayssa de Castro e colaboração luxuosa de Marco Miranda, terá duas apresentações na Sala Baden Powell, em Copacabana.

Estreia na Sala Baden Powell o espetáculo musical ‘Para Bailar La Bamba‘, nos dias 28 e 29 de Junho. A peça, que tem colaboração luxuosa do ator e diretor Marco Miranda, direção musical do Maestro Ivan Cid e que marca a primeira direção da humorista, atriz e produtoraRayssa Miranda, traz o ator Kalel de Oliveira interpretando o cantor Ritchie Valens, que morreu precocemente, no início da carreira, em 1959, nos Estados Unidos, quando o Rock and Roll caminhava para sua década mais importante, os anos 60.

No elenco também estão Ana Karina Zinner, Henrique Lopes, Paulo Fernandes, Rafael de Oliveira, Thaieny Monteiro, Wagnera, Vivianne Delfino e Zacky Barreto. Os músicos que vitalizam cada canção do espetáculo são Henrique Ayres (Guitarra), Mário Zazu (Baixo) e Wagnera (Bateria).

Sinopse:
Texto livremente inspirado na vida e obra de Richie Valens, compositor e autor estadunidense de origem mexicana, nascido em uma comunidade pobre, próxima a cidade de Los Angeles que, com seu talento, dedicação e especialmente sua disposição para superar obstáculos e barreiras, consegue marcar profundamente a história da música mundial. 

Comparado à Elvis Presley, de quem sofreu influências e, em um processo simbiótico, influenciou, cria grandes sucessos musicais, especialmente para o, então, novo ritmo, chamado rock and roll, ou rocknroll, com raízes nos estilos musicais como: country, blues e gospel, que rapidamente se espalhou para o resto do mundo. É o estilo responsável por introduzir na música um instrumento até então ignorado: a guitarra. 

A enorme popularidade que o rock and roll conquistou junto ao público e sua visão do mundo inteiramente nova tiveram um impacto social único. 

Muito além de ser simplesmente um gênero musical, como visto nos filmes e na televisão, e de acordo com a mídia que se desenvolvia na época, influenciou estilos de vida, moda, atitudes e linguagem e é marcante até os dias atuais. 

É neste contexto que se insere Richie Valens. Jovem, ainda marca profundamente sua época, e, aos 17 anos, sofre um acidente aéreo fatal em uma de suas primeiras turnês pelo interior dos Estados Unidos. O dia de sua morte foi chamado, pela mídia norte-americana como “O dia em que a música morreu”.

Ficha Técnica:
Direção e Texto: Rayssa de Castro
Direção Musical: Ivan Cid
Colaboração Luxuosa: Marco Miranda
Elenco: Ana Karina Zinner, Henrique Lopes, Kalel de Oliveira, Paulo Fernandes, Rafael de Oliveira, Thaieny Monteiro, Wagnera, Vivianne Delfino e Zacky Barreto.
Figurino: Ana Karina Zinner
Coreografia: Kalel de Oliveira
Músicos: Henrique Ayres (Guitarra), Mário Zazu (Baixo) e Wagnera (Bateria)
Coach de Língua Inglesa: Douglas Cardozo
Cenário: Cia Cara Lavada
Produção: Cia Cara Lavada
Contatos da Produção: (2275-4150) Rayssa de Castro e (21-98131-7127) Alexandre Araujo 
E-mail: ciacaralavada@gmail.com 
Facebook: Cia Cara Lavada

SERVIÇO:
‘Para Bailar La Bamba’
Data e Horário: Dias 28 e 29 de Junho, às 20h,
Local: Sala Baden Powell
Endereço: Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360 – Copacabana, Rio de Janeiro – RJ, 22050-002, Telefone: (21) 2547-9147
Duração: 90 minutos
Valores do Ingresso: R$ 50,00 (Inteira) e R$ 25,00 (Meia)
Classificação: 14 anos