19/07/2018

Clássicos do forró romântico embalam noite apaixonada no Festival Expocrato 2018

Clássicos do forró romântico embalam noite apaixonada no Festival Expocrato 2018

Já é tradição que quarta-feira no Festival Expocrato 2018 seja embalada pelo romantismo do Forró das Antigas. Nesta edição, verdadeiros ícones do gênero brilharam no palco do maior evento de música do Norte e Nordeste. A banda Calcinha Preta, comandada pela voz marcante de Daniel Dial, retornou ao Crato para um show memorável marcado por sucessos da carreira como “Hoje à Noite”, “Louca por Ti” e “Mágica”, entre outros.

Dando o tom da noite, a Mastruz com Leite trouxe o clássico repertório de “Saga de um Vaqueiro”, “A Praia” e “Meu Vaqueiro, Meu Peão”. Para completar, ainda se apresentaram a banda Noda de Caju, com sucessos românticos, e a forrozeira regional Érika Diniz, com o que há de mais atual no mundo do forró e sertanejo, do Festival Expocrato 2018.

Já a banda Limão com Mel ficou responsável por agitar o público madrugada adentro com canções inesquecíveis como “Um Sonho de Amor”, “Viver de Solidão” e “Toma Conta de Mim”, trilha sonora que fez casais apaixonados dançarem agarradinhos por quase duas horas de show.

Leia Tambem  Festival internacional de música judaica, acontece na Casa-Museu Ema Klabin

Em um momento especial, também subiu ao palco do Festival a banda Crato-SP, formada por experientes músicos que integram as bandas de grandes artistas como Nando Reis, Djavan e Zeca Baleiro. Liderada pelo cratense Paulo Chagas, a banda fez homenagem a terra natal do vocalista com musicalizações dos textos do poeta Geraldo Urbano e releituras de clássicos do Belchior, além de canções autorais.

 

Fred Pontes