30/05/2018

Dj Rogerinho do Querô visita à Argentina

Dj Rogerinho do Querô visita à Argentina

Dj Rogerinho do Querô, conhecido pelo “Tortão para Esquerda” esteve de férias na Argentina. O Funkeiro aproveitou para conhecer a cultura local, fazer compras e realizou o sonho de criança que era entrar no Cassino e ir ao zoológico de Lujan um dos mais famosos do mundo.

Sobre a Argentina

Argentina, oficialmente República Argentina (pronunciado em espanhol[reˈpuβlika aɾxenˈtina]), é o segundo maior país da América do Sul em território e o terceiro em população, constituída como uma federação de 23 províncias e uma cidade autônoma, Buenos Aires, capital do país. É o oitavo maior país do mundo em área territorial e o maior entre as nações de língua espanhola, embora MéxicoColômbia e Espanha, que possuem menor território, sejam mais populosos.

A área continental da Argentina está entre a cordilheira dos Andes a oeste e o oceano Atlântico, a leste. Faz fronteira com o Paraguai e Bolívia ao norte, com o Brasil e Uruguai a nordeste e com o Chile a oeste e sul.[8] A Argentina reivindica uma parte da Antártida, sobrepondo as reivindicações do Chile e do Reino Unido no continente antártico, mesmo após todas as reivindicações terem sido suspensas pelo Tratado da Antártida de 1961. O país reivindica ainda as Ilhas Malvinas (em espanholIslas Malvinas) e Geórgia do Sul e Sandwich do Sul, que são administradas pelo Reino Unido como territórios britânicos ultramarinos.

O mais antigo registro de presença humana na área atualmente conhecida como Argentina é datado do período paleolítico.[9] A colonização espanhola iniciou-se em 1512.[10] A Argentina emergiu como o Estado sucessor do Vice-Reino do Rio da Prata,[11][12][13] uma colônia espanhola fundada em 1776. A declaração e a luta pela independência (1810–1818) foi seguida por uma longa guerra civil, que durou até 1861 e terminou com a reorganização do país como uma federação de províncias, com a cidade de Buenos Aires como capital. Durante a segunda metade do século XX, a Argentina enfrentou vários golpes militares e períodos de instabilidade política, juntamente com crises econômicas periódicas que contiveram seu pleno desenvolvimento econômico e social.

Uma potência média reconhecida,[14] a Argentina é uma das maiores economias da América do Sul,[15] com uma classificação muito alta no Índice de Desenvolvimento Humano.[16] Na América Latina, a Argentina possui o quinto maior PIB per capita (nominal) e o maior PIB per capita em paridade do poder de compra.[17] Analistas[18] argumentam que o país tem uma base “para o crescimento futuro, devido ao tamanho do seu mercado, níveis de investimento direto estrangeiro e o percentual de exportações de alta tecnologia como parte do total bens manufaturados” e é classificado pelos investidores como uma economia emergente. A Argentina é um membro fundador da Organização das Nações Unidas, do Mercosul, da União de Nações Sul-Americanas e da Organização Mundial do Comércio e continua sendo um dos G20.

Juliana Palmer / Divulgacao