Dieta da Nasa conquista famosos como a global Fabiana Karla | EGO Brazil
22/01/2018

Dieta da Nasa conquista famosos como a global Fabiana Karla

Dieta da Nasa conquista famosos como a global Fabiana Karla

A atriz Fabiana Karla emagreceu 10kg e é fã do programa

Um método chamado VLCD ( Very Low Calorie Diet) Dietkal vem conquistando famosos como Fabiana Karla, Regiana Antonini,  Fafá de Belém, o RPM Paulo Ricado entre outras celebridades que chegaram a emagrecer de 10 a 12 quilos em um mês consumindo alimentos ricos em proteína de alto valor biológico e que são levados para qualquer lugar onde estejam e preparados na hora, o que evita comer fora da dieta.

Ainda pouco conhecida no Brasil, e apelidada por muitos de Dieta da NASA, ela é uma dieta com quantidade normal de proteínas, baixa de gorduras e carboidratos, diferente da polêmica Dukan, que incentiva o consumo excessivo de proteínas e gorduras. “Os produtos Dietkal  tendem a ser mais saudáveis e eficientes pra dieta, pois  contém  proteína de alto valor biológico, praticamente livres de gorduras e carboidratos , somente com  aminoácidos, vitaminas e fibras” afirma a endocrinologista e nutróloga Beatriz Ohana, prescritora da Dietkal no Rio de Janeiro e médica das estrelas.

Desde que conheceu Beatriz, Fabiana Karla vem aparecendo na mídia muito mais magra e disposta. Conhecida por sempre estar lutando contra a balança, a atriz é o tipo de pessoa que quer emagrecer por saúde e não pela estética. Seu biotipo natural e profissional não é o da mulher esquelética, mas da mulher que é ativa e tem controle sob sua saúde.

Em dois meses- desde o início do processo- eliminou 10 quilos e se sente muito mais bonita e disposta. Em seus depoimentos ela afirma que não tem problemas em divulgar o processo de emagrecimento com a Dietkal pois está lidando com a verdade. “Através de minha história de vida e de minha vontade de emagrecer e estar saudável posso estar sendo útil para muitas pessoas que sofrem com a obesidade. O tratamento é fantástico e assim que acabar as filmagens de um longa que estou fazendo quero perder mais 5 quilos com a Dietkal” diz a atriz lembrando que o acompanhamento de sua endocrinologista foi fundamental para o sucesso da empreitada.

Já Beatriz Ohana conta que Fabiana se adaptou super bem ao tratamento e sempre foi muito regrada. “Ela não poupou esforços para o emagrecimento e conseguiu atingir esta perda de peso mesmo no meio de uma viagem de duas semanas para a Europa” revela Ohana. 

O método consiste na ingestão vitaminas, mousses, pizzas, brigadeiro de colher, hambúrgueres, crepes, sopas… e também iogurtes, bolos, pães, omeletes e panquecas.

Criada por uma empresa européia com vasta experiência em alimentação, a Dietkal, também conhecida por muitos como Dieta da NASA, chegou ao Brasil como um método inovador que consiste na VLCD ( Very Low Calorie Diet) ou seja, diferencia-se das dietas ricas em proteínas e gordura, priorizando o controle das proteínas ingeridas. “O paciente perde peso muito rápido, de 7 a 10kg por mês para as mulheres e de 10 a 12kg para os homens sem sobrecarregar o fígado e os rins” enfatiza Beatriz Ohana, lembrando que o compromisso é primordial para a dieta dar certo. 

 

Entenda a dieta 

Na fase inicial você precisa consumir de 5 a 6 sachês por dia + suplementação vitamínica + saladas e temperos (todos desidratados). Geralmente essa etapa dura de 7 a 15 dias, mas tudo vai depender do seu desempenho e da decisão da sua endocrinologista (vale lembrar que não é possível fazer essa dieta sem acompanhamento médico, sozinha em casa, já que tudo precisa ter receita médica). 

Nas 3 fases iniciais ou etapa cetogênica é possível perder 80% do excesso de peso e isso acontece porque o corpo é induzido a um estado de cetose controlada, ou seja, quando o organismo precisa recorrer às reservas de gordura para obter energia no lugar dos carboidratos. Assim se gasta a massa gorda e preservar-se a massa magra. 

“Quando ingerimos menos que 50g de carboidratos por dia nosso corpo usa a reserva de glicogênio do fígado que dura geralmente 48 horas. Essa queima rápida forma corpos cetônicos que agem ajudando na saciedade. Por esse motivo , o paciente consegue consumir 600 kcal sem sentir fome.”afirma a Beatriz Ohana.

Na segunda e terceira etapas já se inicia a incorporação progressiva de proteínas animais  (peixes, carnes vermelhas, crustáceos), mas os sachês continuam firmes e fortes! Nas 3 fases finais ou de reeducação alimentar, os 20 % restantes do excesso de peso são eliminados e gradativamente todos os tipos de alimentos vão sendo introduzidos, com moderação. 

“A reintrodução dos carboidratos é feita de forma gradativa, na etapa de reeducação, para que o organismo possa se adaptar à ingestão deles. E nessa fase o paciente terá uma noção de quantidades que ele realmente poderá consumir no seu dia a dia. Concomitantemente, há um aumento da atividade física aeróbica, conforme esses carboidratos são acrescentados, pra garantir um equilíbrio. E por fim existe a fase de manutenção, onde o paciente será monitorado por até dois anos. Esse período é importante para se criar o que chamamos de memória metabólica do peso magro!”, explica a médica.

A Dietkal possui também produtos prontos para o consumo como barrinhas e crostinis, o que torna o processo diário muito mais fácil e prático de seguir.

É bom lembrar este método não é indicado para crianças e adolescentes menores de 16 anos, idosos e pacientes com doenças renais, hepáticas e cardiovasculares graves. 

 

www.dietkal.com.br 

 www.drabeatrizohana.com.br

istanbul escort