Um levantamento feito pela OMS (Organização Mundial da Saúde) mostra que as doenças cardíacas são as que mais matam em todo o mundo, sendo responsáveis por 7,4 milhões de mortes por ano. Este dado mostra como é importante ficar atento à saúde do coração. Mas, como podemos saber a hora certa de procurar um cardiologista?

Segundo a cardiologista da Clinica Amacor, Dr. Carolina Saturnino Braga “Não há um momento exato para procurar um cardiologista. Deve-se marcar uma consulta quando sentir qualquer desconforto no peito, falta de ar, palpitação, tontura ou desmaios.

Devemos sempre também ir a esse especialista antes de fazer qualquer atividade física e antes de um procedimento cirúrgico.”

Pacientes  que tenham hipertensão ou diabetes devem ir ao cardiologista pelo menos 2 vezes ao ano e quando solicitados seus retornos com uma frequência menor. Já os cardiopatas ( insuficiência cardíaca e angina) precisam ir a consulta com uma frequência trimestral. A idade da primeira consulta nos pacientes assintomáticos varia em relação à história familiar de hipertensão, diabetes, infarto, AVC ou história de morte súbita na família. O ideal para esse pacientes é procurar um cardiologista quando completar 40 anos.

“A Dra. Carolina, orienta que a consulta com o cardiologista é importante pois este pode, através de exame físico ou até mesmo exames complementares, prever doenças cardíacas principalmente os fatores de risco para infarto e tratá-los o mais rápido possível.”

Maus hábitos como tabagismo, má alimentação e sedentarismo também são fatores que tornam necessária a visita a um cardiologista, pois podem influenciar negativamente na saúde do coração.

Assessoria: Vania Compan