A fisiculturista explica que equilíbrio é fundamental e não adianta ficar sem jantar para emagrecer   

Você decidiu se alimentar melhor e de maneira mais saudável. Se programou para o dia seguinte, levou suas refeições prontas e optou por pratos mais saudáveis quando precisou comer fora durante o dia. Certo? Mas no final, depois de um dia cheio de trabalho ou estudo, quando chegou em casa se descontrolou e atacou a geladeira? Calma, você não está sozinho nessa. Esse tipo de descontrole é muito mais comum do que você imagina. 

Para a nutricionista e fisiculturista Ivie Rhein, não adianta fazer jejum à noite ou comer muito pouco durante o dia para diminuir as medidas: 

– Lembre-se que o equilíbrio é fundamental. Não adianta ficar sem jantar para emagrecer. Muito menos comer pouco durante o dia e atacar um pratão à noite. E não importa qual o horário do consumo, os alimentos naturais, preparados em casa, geralmente são mais saudáveis do que os industrializados. 

Mas o que fazer então para não sabotar a dieta à noite? Confira cinco dicas da atleta: 

•          Tenha à mão opções simples e pré-preparadas para facilitar sua vida. Deixe a salada lavada e pré-montada ou uma sopa de legumes com frango pronta para os dias frios, por exemplo.

•          Deixe alguns ovos já cozidos. São excelentes fontes proteicas e ficam deliciosos na salada. 

•          Faça gelatina diet e coloque em potinhos individuais. Você pode comer pura ou bater com iogurte desnatado para ficar mais cremosa. É uma boa opção para enganar a vontade de comer doce. 

•          Abacate também é uma ótima opção, puro com adoçante e um pouco de limão, ou então com whey protein sabor chocolate e um pouquinho de gelo. 

•          Faça chá e deixe pronto na geladeira com adoçante. Nos dias quentes é só acrescentar gelo e pronto, muito melhor do que beber refrigerante. Nos dias frios é só aquecer. Adoro o de hibisco ou então o chá verde com limão mesmo. 

 

Crédito: Divulgação / Salomon Urraca